10 dicas para organizar as finanças em caso de desemprego - Informações sobre finanças, guias e outras utilidades no Diário Gaúcho

Aperte o cinto!02/09/2016 | 10h14Atualizada em 02/09/2016 | 10h44

10 dicas para organizar as finanças em caso de desemprego

É necessário mudar os hábitos para superar o momento de crise

10 dicas para organizar as finanças em caso de desemprego Jefferson Botega / Agência RBS/Agência RBS
Foto: Jefferson Botega / Agência RBS / Agência RBS

Se para quem está empregado a situação atual já é difícil, para quem perdeu o emprego o quadro chega a ser desesperador. De acordo com dados divulgados pelo IBGE, a taxa de desemprego do último trimestre ficou em 11,6%, a maior desde 2012. Mas superar esse momento de crise requer mudança de hábitos. Confira as dicas do presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), Reinaldo Domingos.

1. Faça contas antes de pagar as dívidas

Foto: Claudia Baartsch / Agencia RBS

Embora pareça necessário quitar todas dívidas assim que se perde o emprego, nem sempre esta é a melhor opção. Em alguns casos, pagar todas as contas em atraso pode te deixar sem dinheiro para cobrir os gastos no futuro. Antes de zerar qualquer parcela, calcule todas as despesas para não ficar na mão.

2. Crie uma reserva de emergência

Foto: Porthus Junior / Agência RBS

Ter um dinheiro guardado vai ajudá-lo em uma situação de crise e também lhe dará oportunidade de investir parte do valor em algum curso que ajude a impulsionar sua carreira para retornar ao mercado de trabalho. É importante guardar o dinheiro do fundo de garantia, seguro desemprego e férias vencidas e só usá-lo após definir uma estratégia.

3. Analise sua realidade

Foto: Agência RBS

É importante somar as contas. Calcule tudo o que já tem com o que irá receber e verifique os gastos indispensáveis mensais, para ver a melhor maneira de distribuir o dinheiro e quanto conseguirá guardar. Inclua todos os custos, desde a parcela da casa própria até o cafezinho.

4. Abandone o crédito

Foto: Emílio Pedroso / Agência RBS

Fazer qualquer parcela nessa hora é uma furada. Esqueça os cartões de crédito, o cheque especial, os cartão de lojas e outras maneiras de crédito fácil. Não use este recurso nem mesmo em caso de emergência porque os juros costumam ser muito altos.

5. Faça uma faxina nas contas do mês

Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Seja realista e repense todos os gastos para ver o que realmente deve ser mantido ou cortado: restaurantes, tevê a cabo, pacotes caros de dados para celular, eletrônicos que gastam muita energia, entre outras pequenas despesas. Faça uma listinha e corte tudo o que não for essencial.

6. Modifique o padrão de vida

Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Assim como na dica anterior, é sensato compreender que não é o momento de manter o mesmo padrão de conforto. É importante reestruturar sua vida e deixar de lado marcas e regalias. A imagem não deve ser a prioridade para uma pessoa que busca um novo emprego.

7. Negocie as dívidas

Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Seja franco com seus credores. Se não tiver condições de pagar a dívida, mostre a eles que não quer ser inadimplente, mas precisa que juros e débitos sejam menores. Não esqueça de priorizar as contas com juros mais altos e com bens de valor como garantia.

8. Abra o olho com exploradores

Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Cuidado com as pessoas mal-intencionadas e prontas para se aproveitarem do seu momento de desespero. Evite promessas e garantias descabidas. Às vezes, é melhor estar com o nome sujo do que ser explorado por alguém.

9. Procure fazer frila e bicos

Foto: stock.xchng / Divulgação

Nesse momento, qualquer alternativa de rendimento é bem-vinda, mesmo que seja fora da sua área de atuação. Deixe o orgulho de lado e aproveite qualquer oportunidade de trabalho para garantir alguma renda.

10. Corra atrás do prejuízo

Foto: Nereu de Almeida / Agencia RBS

É hora de se mexer para voltar ao mercado de trabalho. Converse com pessoas, faça contatos e venda o seu peixe. Não é vergonha estar desempregado. Não deixe uma oportunidade passar por besteira.

Leia outras notícias do dia



 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros