Projeto de reforma trabalhista deve ficar para 2017, diz Casa Civil - Informações sobre finanças, guias e outras utilidades no Diário Gaúcho

Adiamento15/09/2016 | 19h04Atualizada em 15/09/2016 | 19h06

Projeto de reforma trabalhista deve ficar para 2017, diz Casa Civil

Neste ano, a prioridade é a reforma da Previdência e o projeto de teto de gastos da União.

Projeto de reforma trabalhista deve ficar para 2017, diz Casa Civil Sine/Divulgação
Foto: Sine / Divulgação

O governo federal confirmou nesta quinta-feira que não deverá apresentar ainda neste ano o projeto de reforma trabalhista. Até a semana passada, por meio do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, era divulgada a meta de finalizar e enviar a proposta ao Congresso Nacional até dezembro deste ano. 

Leia mais:
Foro da Restinga vai fechar para obras, veja como fica o atendimento
Governo faz pente-fino no Bolsa Família e mais de 28 mil perdem o benefício em setembro no Estado

Agora, o governo diz entender que, para 2016, as prioridades são a proposta do teto de gastos da União e a reforma da Previdência. Por isso, a reforma trabalhista tende a ficar para 2017, afirma a Casa Civil da Presidência da República.

Polêmica das 12 horas

A proposta inicial do governo virou polêmica após declarações do ministro do Trabalho, na semana passada, dando a entender que se permitiria jornadas de trabalho de até 12 horas diárias. 

Após ter a atenção chamada pelo presidente Michel Temer, Ronaldo Nogueira recuou e garantiu que não haveria aumento na jornada diária, de 8 horas, nem na semanal, de 44 horas. A ideia, segundo nota do Ministério do Trabalho, é "permitir a trabalhadores e empregadores o ajuste da forma de cumprimento da jornada", sem dar mais detalhes.

Além da jornada, o ministro chegou a citar a criação de outras duas modalidades de contrato: por horas trabalhadas e por produtividade. Mas também não foram divulgados mais informações sobre os novos tipos de contrato. Até o final desta quinta-feira, o Ministério do Trabalho não confirmava o adiamento do projeto de reforma trabalhista.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • shallonht

    shallonht

    Shállon TeobaldoMuito obrigada a todos que já doaram para o "Meu sonho é - Especial de Natal" do Diário Gaúcho!… https://t.co/g0SqgvML7Phá 56 segundosRetweet
  • nbru_

    nbru_

    Bruna AlvesComprei o diário gaúcho só por causa do poster do grêmio 🇧🇼💙há 9 minutosRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros