Caiu na malha fina da Receita? Saiba como regularizar a situação da sua declaração do Imposto de Renda - Informações sobre finanças, guias e outras utilidades no Diário Gaúcho

Versão mobile

Olho nos ajustes10/01/2018 | 17h26Atualizada em 10/01/2018 | 17h28

Caiu na malha fina da Receita? Saiba como regularizar a situação da sua declaração do Imposto de Renda

Contribuinte pode acessar o detalhamento do processamento da declaração pela internet

Recentemente, a Receita Federal divulgou que 747 mil declarações estão retidas na malha fina do Imposto de Renda (IR) de 2017 em razão de erros e informações inconsistentes no documento. Regularizar a situação é fundamental para  evitar complicações com o Leão e não ficar, por exemplo, sem acesso a novos documentos ou linhas de crédito.

— A Receita permite ao contribuinte acessar o detalhamento do processamento de sua declaração de forma online ou via certificado digital. Caso tenha sido detectada alguma divergência, o Fisco já apontará o item que está sendo ponto de divergência e orientá como fazer a correção — explica Welinton Mota, diretor tributário da Confirp Consultoria Contábil.

Para saber se há inconsistências em alguma de suas declarações do IR, é necessário acessar o extrato da Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física de 2017, disponível no portal e-CAC da Receita Federal.  Para isso, é preciso utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal ou certificado digital emitido por autoridade habilitada. 


Confira o passo para consultar e regularizar sua situação  

1 - Acesse o Portal e-CAC e preencha os dados solicitados

passo a passo para sair da malha fina
Foto: Reprodução / Internet

2 - Quem acessa pela primeira vez precisa gerar um código de acesso e criar uma senha. Para isso, basta clicar em "Como gerar Código de Acesso", e então em "Gerar Código de Acesso", preenchendo os dados solicitados (CPF, data de nascimento e o recibo da última declaração entregue). 

restituição, passo a passo para verificar pendências
Foto: reprodução / internet

3 - Com o código de acesso, volte ao site inicial do Portal e-CAC e faça o login. Então, clique em "Certidões e Situação Fiscal".  Duas opções serão abertas: clique em "Consulta pendências - situação fiscal".

passo a passo para sair da malha fina
Foto: Reprodução / Internet

 4- Caso não haja pendência alguma, o site apresentará a mensagem abaixo. O programa também avisará se houver alguma pendência, informando em qual declaração anual e onde está a inconsistência.  

passo a passo para sair da malha fina
Foto: Reprodução / Internet

5- Se forem apontadas pendências, será preciso fazer uma declaração retificadora.  Acesse o site de Regularização de Pendências da Receita, escolha uma das formas de retificar (retificação online ou por meio do programa de declaração) e clique nela. A partir daí, o programa encaminhará automaticamente ao programa desejado. 

passo a passo para sair da malha fina
Foto: Reprodução / Internet

6 - Vale lembrar que a Receita mantém um serviço orientando de forma didática como fazer a declaração retificadora e como regularizar pendências neste link

passo a passo para sair da malha fina
Foto: Reprodução / Internet

7 - Quando a situação for resolvida, o contribuinte sai da malha fina e, caso tenha direito, a restituição será incluída nos lotes residuais do imposto de renda pagos anualmente.


Confira os erros que mais levam à malha fina na declaração

— Troca simples de vírgula ou inversão de números na declaração.  Um número errado pode gerar uma grande preocupação.  

— Inclusão de um dependente com renda, mas sem informar o valor de rendimento. Um exemplo é um filho que faz um estágio. 

— Inclusão de despesas médicas e educacionais que não têm direito ao abatimento, ou sem a "contrapartida" na declaração do médico em questão. Despesas com farmácias, por exemplo, não são contabilizadas pelo órgão. O pagamento de cursos de idiomas, música, dança ou natação também não.

— Esquecer de declarar algum rendimento, como valor de aluguel, ganho com aplicações financeiras ou um adicional recebido como bonificação ou pagamento por palestras, por exemplo. 

Fonte: Receita Federal e Confirp consultoria contábil

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros