Desanimado com o trabalho? Veja dicas para manter a motivação em alta - Informações sobre finanças, guias e outras utilidades no Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Carreira12/03/2018 | 06h00Atualizada em 19/03/2018 | 17h27

Desanimado com o trabalho? Veja dicas para manter a motivação em alta

Especialistas apontam que fazer planos a longo prazo e se manter longe de fofocas ajudam trabalhador a se manter motivado

Motivação: ato ou efeito de motivar, de despertar o interesse por algo. A descrição literal no dicionário veste bem o dilema que muitos trabalhadores enfrentam ao retornar de férias. Como se animar com uma rotina no escritório, de tarefas repetitivas e salário baixo enquanto as lembranças da beira da praia, da não-rotina de verão, ainda passeiam pela memória?

O questionamento procupa por que a falta de motivação afeta diretamente a produtividade no trabalho e, em última instância, pode colocar sob ameaça o crescimento profissional e mesmo a permanência no emprego. 

— É muito mais fácil ficar descansando do que trabalhar. O corpo se acostuma e fica complicado voltar à rotina — reconhece o coach e consultor de carreira Emerson Weslei Dias _ Mas o trabalho deve ser encarado como um fator importante para conquistar aquilo que você deseja.

Leia mais
Saiba como criar currículo no Google Docs e no aplicativo Word para celular
Rede de franquia abre cem vagas na Região Sul na área da educação

O consultor traça alguns caminhos para ajudar a pessoa a mentalizar e reafirmar as razões pelas quais acorda cedo todos os dias. O mais eficiente é criar objetivos de longo prazo, para os quais o salário será fundamental: pode ser uma viagem internacional, trocar o carro ou continuar dando uma educação de qualidade aos filhos.

— Um exercício importante é a afirmação: o que você diz para si mesmo naquele momento de preguiça para se remotivar — sugere.

O problema é que nem sempre os fatores que levam à desmotivação passam pelo empregado. Pelo contrário, geralmente são fruto de falhas da própria empresa, incapaz de inspirar suas equipes, e da imperícia de gestores e departamentos de Recursos Humanos para engajar os funcionários.

—  Há várias razões para haver desmotivação: um gestor que age errado, colegas com pensamentos e ações muito antagônicos aos seus e clima organizacional com muita pressão — explica o psicólogo Augusto Jimenez, da Mind Idiomas — Entretanto, para evoluirmos profissionalmente e pessoalmente, devemos aprender a superar essas adversidades, dar a volta por cima nos dias ruins — pondera.

Ele alerta para a importância de evitar negativismos: ficar longe de fofocas, saber filtrar boatos sobre demissões e não se contaminar em momentos de crise, que são comuns.

— Quando surgirem assuntos desse cunho, levante da sua mesa, tome um café, caminhe pelo bairro da empresa, mas não participe. Pensamentos ruins levam a conversas ruins e estragam o dia de qualquer um — sugere Jimenez.

Fontes: Psicólogo da rede Minds Idiomas, Augusto Jimenez, e coach e consultor de carreira Emerson Weslei Dias.

O que motiva você no trabalho?

Pesquisa mostrou que receber novos desafios, sair da rotina e realizar tarefas prazerosas é o que mais motiva os trabalhadores no Brasil.
Desafios e novas experiências 36%
As atividades que executa 33%
Novas oportunidades 26%
Remuneração 16%
Os colegas e a equipe 8%

Fonte: Levantamento feito pelas empresas da Walk and Talk, Cristina Panella Planejamento e LeadPix Survey

 Quer ser um profissional melhor? Assine GaúchaZH e acompanhe mais dicas de carreira clicando aqui.

 Descontos em Smartphones e Acessórios de Informática 



 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros