Procon orienta consumidores a exigirem nota fiscal com valor pago por litro de combustível - Informações sobre finanças, guias e outras utilidades no Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paralisação de caminhoneiros24/05/2018 | 13h59Atualizada em 24/05/2018 | 13h59

Procon orienta consumidores a exigirem nota fiscal com valor pago por litro de combustível

Elevação injustificada do preço dos combustíveis é considerada uma prática abusiva, alerta o órgão de defesa do consumidor de Porto Alegre

GaúchaZH
GaúchaZH

O Procon Porto Alegre orienta os consumidores a exigirem nota fiscal que informe o valor pago por litro de combustível e a quantidade abastecida. Em casos de abuso no preço em razão da falta de combustíveis, é necessário registrar a demanda no órgão.  As práticas abusivas ocorrem nos casos em que há elevação injustificada do preço. 

O Procon informa que está monitorando as notas de compra e venda de combustível nos postos de Porto Alegre. Moradores da Capital podem registrar queixas pelo site do Procon ou na sede do órgão, na Rua dos Andradas, 686, Centro Histórico. São distribuídas, diariamente, 90 fichas de atendimento, das 9h às 17h. O Procon Municipal também disponibiliza para a população uma loja no terminal 1 do Aeroporto Salgado Filho, em funcionamento das 12h às 18h. 

Confira, aqui, a lista de Procons no Interior.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros