Prova do concurso da Fundação Hospitalar Getúlio Vargas é adiada em razão da greve dos caminhoneiros - Informações sobre finanças, guias e outras utilidades no Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Reflexos da paralisação25/05/2018 | 12h35Atualizada em 25/05/2018 | 12h35

Prova do concurso da Fundação Hospitalar Getúlio Vargas é adiada em razão da greve dos caminhoneiros

Prova objetiva que estava marcada para domingo foi remarcada para 17 de junho; vagas são para atuação em Sapucaia do Sul

GaúchaZH
GaúchaZH

Em razão da greve dos caminhoneiros, a Fundação La Salle e a Fundação Hospitalar Getúlio Vargas (FHGV) decidiram adiar a data de aplicação da prova objetiva do concurso público da FHGV de Sapucaia do Sul. A prova estava marcada para o próximo domingo (27) e foi remarcada para 17 de junho. O local e horário serão divulgados posteriormente pela Fundação La Salle. De acordo com a FHGV, há 3.019 inscritos no concurso.

São oferecidas  11 vagas, além da formação de cadastro reserva para 56 cargos, destinados a candidatos com os níveis fundamental, médio, técnico e superior. Os salários variam entre R$ 1.344,99 e R$ 8.140,78, e as inscrições encerraram em 26 de abril. 

Também foi adiada a etapa de testes físicos do concurso da Polícia Civil que oferece 1,2 mil vagas para inspetor e escrivão. As provas seriam neste sábado (26) e domingo (27) e foram remarcadas para os dias 9 e 10 de junho. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros