Velocidade constante gasta menos gasolina? E ponto morto na descida? Veja 10 mitos ou verdades sobre economia de combustível - Informações sobre finanças, guias e outras utilidades no Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Sem gasolina24/05/2018 | 17h16Atualizada em 24/05/2018 | 17h17

Velocidade constante gasta menos gasolina? E ponto morto na descida? Veja 10 mitos ou verdades sobre economia de combustível

Algumas crenças compartilhadas em redes sociais não têm nenhuma influência sobre o consumo do veículo

Em meio ao bloqueio das rodovias que faz o combustível rarear — ou até sumir — dos postos, motoristas preocupados buscam uma fórmula para fazer render a gasolina que ainda resta no tanque. A notícia triste é que não existe essa receita mágica.

Entretanto, sim, há comportamentos que podem ajudar a se poupar gasolina. Mas é bom ficar atento: algumas dicas compartilhadas nas redes sociais não passam de mitos. Ás vezes, é verdade, podem até ter algum fundo de verdade. Por exemplo, veículos fabricados antes dos anos 1970 tinham a recomendação de se dar uma acelerada antes de o motorista desligar. Hoje, já não faz sentido.

– Basicamente, a grande receita para se economizar combustível é dirigir com calma. Você não faz acelerações desnecessárias, que só desperdiçam combustível. É um gasto jogado fora porque se tem de frear logo em seguida –   afirma o engenheiro Renato Romio, do Centro de Pesquisa do Instituto Mauá de Tecnologia (SP) e presidente do conselho da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA).  

Entre as dicas do especialista, está o uso com sabedoria das descidas enquanto se dirige, podendo ser mais indicado o ponto morto ou a marcha engatada. O ar-condicionado desligado no inverno, claro, ajuda na economia sem prejudicar o conforto dos ocupantes. Mas se o motorista ligar o ar quente do equipamento, o gasto pode ser equivalente.  O indicado é a ventilação quente, que reaproveita o calor do motor.

Confira os mitos e verdades para poupar

1 – Andar com o carro em ponto morto, aproveitando descidas, poupa gasolina

Verdade! Pode-se usar essa tática em uma descida suave. Em ponto morto, o motor fica em marcha lenta, existe um consumo mínimo de gasolina.


2 – Aproveitar descidas com a marcha engatada gasta mais

Mito! Em uma descida mais íngreme, com o carro engatado e sem o pé do acelerador, o motor corta o consumo de combustível. Na verdade, nessa situação, se gastaria mais descendo em ponto morto. Mas tentar isso em uma descida leve fará o carro apagar.


3 – Esticar as marchas aumenta o consumo

Verdade! Sim, gasta mais. Como regra geral, o motor gasta menos na menor rotação possível. E trocar as marchas na hora certa mantém a rotação baixa. Nos carros mais novos, o motorista deve prestar atenção no GSI (Gear Shift Indicator), um indicador para troca de marcha na hora certa.


4 – Acelerar o carro imediatamente antes de desligá-lo ajuda a poupar

Mito! Pelo contrário, se gasta mais. Antigamente, havia alguns motivos para se fazer isso, como dar uma carga na bateria ou jogar combustível dentro do motor e facilitar a partida no dia seguinte. Carros fabricados a partir dos anos 1970 já não precisavam disso.


5 – Pneus cheios reduzem o gasto de gasolina.

Verdade! Rodar com os pneus calibrados é essencial para economizar combustível. Ideal é fazer a conferência uma vez a cada 15 dias, pelo menos. Se abaixo do indicado pelo fabricante, maior o atrito da borracha com o solo, e o motor trabalha mais.


6 – Gasolina aditivada aumenta a economia do carro. 

Depende! A aditivada deixa o motor mais limpo, nas condições originais por mais tempo. Isso ajuda no consumo ideal. Mas só funciona com o uso continuado da aditivada, por longo tempo. E o motorista precisa fazer as contas se vale a pena pagar o preço maior dessa gasolina.


7 – Com os vidros abertos, o ar "freia" o veículo e o gasto equivale ao do ar-condicionado

Depende! Sim, existe esse efeito do ar, freando o carro e exigindo mais do acelerador. Mas isso ocorre em alta velocidade, como em uma rodovia. No caso da velocidade urbana, esse efeito é irrelevante. Logo, vale a pena, sim, desligar o ar-condicionado, ainda mais no inverno. E se precisar de aquecimento, ligue aquele ar quente que usa somente a ventilação.


8 – Veículo em velocidade constante poupa combustível

Verdade! Quanto menos se acelera para mudar de velocidade, menos combustível o motor puxa. O gasto que se tem para fazer o carro acelerar não se recupera mais, é gasolina colocada fora. Manter a velocidade significa exigir menos do acelerador.


9 – Carro com muita bagagem gasta mais.

Verdade! Isso ocorre em rda exigência que se faz a mais do veículo. Carro mais leve é mais econômico. Ou seja, tire do porta-malas a carga desnecessária para não ter prejuízo. Não deixe acumular no bagageiro, por exemplo, cadeiras de praia, caixa de ferramentas e engradados de bebidas.


10 – Manutenção em faz o veículo gastar menos combustível

Verdade! O segredo para o motor não consumir demais está no bom estado das velas e dos filtros do motor. O dinheiro não investido na manutenção, no tempo certo, costuma ser menor do que a economia a longo prazo com combustível.

Fontes: engenheiro Renato Romio, do Centro de Pesquisa do Instituto Mauá de Tecnologia (SP) e presidente do conselho da Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA).  

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros