INSS aumenta número de serviços que precisarão ser agendados - Informações sobre finanças, guias e outras utilidades no Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Fique atento!03/07/2018 | 14h53Atualizada em 03/07/2018 | 14h54

INSS aumenta número de serviços que precisarão ser agendados

Extrato previdenciário do trabalhador, carta de concessão e extrato de Imposto de Renda estão entre os atendimentos que só serão realizados mediante agendamento do beneficiário

INSS aumenta número de serviços que precisarão ser agendados /
Portal do INSS

A partir do dia 16 de julho, serviços como consulta ao extrato previdenciário do trabalhador passarão a estar disponíveis em uma unidade de atendimento somente por meio de agendamento. O extrato também pode ser conseguido diretamente pela internet, acessando o Meu INSS.

Outros serviços que passarão a ser atendidos apenas se forem agendados são consulta ao Histórico de Crédito de Benefício, Carta de Concessão, Extrato de Empréstimo Consignado, Extrato de Imposto de Renda e Consulta Declaração de Benefício – Consta/Nada Consta. De acordo com o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), todos eles também estão disponíveis pelo Meu INSS.

Caso o cidadão compareça à agência para solicitar um dos serviços sem ter efetuado o agendamento, será orientado a marcar o atendimento e receberá a senha do Meu INSS para que possa acessar o serviço pela internet, se preferir.

Algumas instituições bancárias disponibilizam diretamente a consulta ao extrato previdenciário (também conhecido como extrato CNIS), tais como Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal.

Desde 24 de maio, outros serviços, tais como mudança da agência de relacionamento e do meio de pagamento passaram a ser atendidos mediante agendamento.

Como se cadastrar no Meu INSS

Para fazer o cadastro no Meu INSS, é bom ter em mãos documentos e Carteira de Trabalho, pois algumas perguntas são realizadas para conferir a identidade do usuário, tais como datas de recebimento de benefícios ou de realização de contribuições, nomes de empresas onde trabalhou e valores recebidos.

Se errar mais de uma pergunta, o segurado pode aguardar 24 horas para tentar novamente ou ligar para o 135 e, em último caso, ir à agência do INSS. O cadastro pode ser realizado inteiramente pela internet. A senha do Meu INSS é pessoal e intransferível.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros