Sistema de encaminhamento de Carteira de Trabalho apresenta instabilidade pelo terceiro dia seguido - Espaço do Trabalhador - Notícias

Versão mobile

 

Falha10/01/2018 | 13h40

Sistema de encaminhamento de Carteira de Trabalho apresenta instabilidade pelo terceiro dia seguido

População é orientada a ligar para as unidades para conferir se estão recebendo novos pedidos 

Sistema de encaminhamento de Carteira de Trabalho apresenta instabilidade pelo terceiro dia seguido Francine Silva/
Foto: Francine Silva

Um problema no sistema do Ministério do Trabalho está prejudicando quem tenta encaminhar a confecção da Carteira de Trabalho no Rio Grande do Sul desde segunda-feira (8). A Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS) emitiu um comunicado, na terça-feira (9), informando a população para entrar em contato por telefone com as unidades antes de se dirigir até uma agência FGTAS/Sine no Estado. 

Outra sugestão da entidade é que os interessados que não têm urgência deixem para encaminhar o documento na próxima semana, na expectativa de que a plataforma já esteja com funcionamento normalizado.

Na unidade Tudo Fácil do centro de Porto Alegre, o sistema começou a quarta-feira (10) em funcionamento, mas ficou fora do ar logo depois. Por volta das 11h, a plataforma retornou e cerca de 40 pessoas aguardavam atendimento. De acordo com a FGTAS, os meses de janeiro e fevereiro concentram a procura de estudantes pela primeira Carteira de Trabalho. 

Para evitar filas, a dica é que o cidadão faça o agendamento pelo site.

Até novembro de 2017, o sistema era gerido pelo próprio Ministério do Trabalho. Atualmente, a plataforma é fornecida pela Dataprev, empresa contratada pela pasta. Na migração, em novembro, o encaminhamento das Carteiras de Trabalho sofreu instabilidade por quase 30 dias.

 O governo federal ainda não se manifestou oficialmente sobre o problema. 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros