Entidade privada assume contratos de estágio do governo do Estado; veja o que muda - Espaço do Trabalhador - Notícias

Versão mobile

 

Extinção da FDRH28/02/2018 | 16h02Atualizada em 28/02/2018 | 16h02

Entidade privada assume contratos de estágio do governo do Estado; veja o que muda

Até o momento, 60% das secretarias e autarquias estaduais já transferiram contratos de estágio em vigor para a Renapsi

Entidade privada assume contratos de estágio do governo do Estado; veja o que muda Juan Barbosa/Agencia RBS
Foto: Juan Barbosa / Agencia RBS

Começa a valer a partir desta quinta-feira (1º) a atividade de uma organização não-governamental para gerir os contratos de estágio no governo do Estado. A mudança é resultado da parceria firmada entre o governo e a Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi) para cumprir as tarefas que até então cabiam à Fundação para Desenvolvimento Recursos Humanos (FDRH), que está sendo extinta. Caberá à Renapsi selecionar estagiários, divulgar vagas, assinar, renovar e rescindir contratos.

Até o momento, 60% das secretarias e autarquias estaduais já transferiram contratos de estágio em vigor para a Renapsi. O cronograma prevê que, até o final de março, todas secretarias tenham feito a transferência. 

— Até o final de março, as renovações de alguns contratos ainda poderão ser feitas na FDRH, a depender da secretaria, mas novas vagas estarão disponíveis apenas no site da Renapsi. Depois do dia 31 de março, tanto as renovações quanto os novos contratos passarão a ser geridos exclusivamente pela Renapsi — explica Franklin Ribeiro, gerente regional da Renapsi.

Leia mais
Confira oportunidades de estágio para estudantes de níveis médio, técnico e superior no RS
Saiba como criar currículo no Google Docs e no aplicativo Word para celular

Com a mudança, o monitoramento de vagas e o cadastro de currículos passam a ser feitos apenas no site da Renapsi. Todo procedimento burocrático para fazer o cadastro (entrega de documentos, assinatura de contratos etc.) será na sede física da empresa ( Rua Sete de Setembro, 730, sobreloja, no Centro Histórico da Capital). Os contratos já ativos passarão a ser geridos pela Renapsi – que envolve um total de 6,5 mil estágios. 

A organização realizará programas de capacitação junto aos candidatos, melhorando suas habilidades para lidar com processos de seleção e na condução da carreira. Os cursos serão gratuitos e envolverão até 200 pessoas por mês. As lições passarão por elaboração de currículo, postura em entrevista de emprego e ética no ambiente de trabalho. Para participar, o estudante cadastrado no site poderá escolher alguns cursos e entrar em contato pelo telefone 3021-9001 para solicitar uma vaga.

Pelo acordo entre a ONG e o governo do Estado definido por licitação, a empresa irá gerir contratos da ordem de R$ 32 milhões. A Renapsi atua em 23 Estados no agenciamento de estágios junto aos governos. No RS, a empresa já atuava nos escopos dos programas Rede Pró-Aprendiz e Rede Pró Estágio Brasil. Além das contratações para o governo, também gerencia vagas de estágio em empresas privadas. 


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros