Saiba como encontrar emprego no LinkedIn - Espaço do Trabalhador - Notícias

Versão mobile

 

Na rede08/05/2018 | 13h39

Saiba como encontrar emprego no LinkedIn

Manter o perfil completo e atualizado está entre as ações que mais dão retorno

Voltada ao mercado de trabalho, o LinkedIn é, para muitas empresas, a principal ferramenta de recrutamento e recolocação atual. Além das conexões que a rede social permite criar (o network), ela facilita a  procura de vagas conforme a área do interesse do profissional e garante acesso a outros tipos de filtros. 

Mas se engana quem pensa que basta criar um perfil no LindedIn para garantir uma vaga. Manter as informações corretas e atualizadas é fundamental para quem está em busca de uma nova colocação e até para aqueles que querem se manter na vitrine profissional. A plataforma, ressaltam especialistas, une currículo e portfólio em um só local. Confira, abaixo, dicas que podem ajudar você a conseguir um emprego por meio da rede social:

1 - Mantenha seu perfil completo e atualizado

Preencha todos os campos de informações que a rede social oferece. Tenha os mesmos cuidados de quando você escreve o seu currículo.  Ao colocar suas experiências, cite a data de entrada e saída de cada empresa, descreva suas principais atribuições e compartilhe os resultados obtidos junto às instituições. Acrescente vivências que considera importantes, como trabalho voluntário, por exemplo. E, claro, não esqueça da sua formação e suas qualificações. 

Lembre-se de atualizar o seu perfil sempre que necessário. Quando realizar um curso relevante na sua área, por exemplo, vá lá e acrescente a informação na rede social. Manter as informações completas facilita o mapeamento de perfis que atendam aos requisitos de determinadas áreas ou vagas por parte dos headhunters (pessoas especializadas em recrutamento e seleção). Outra dica é solicitar recomendação de algum ex-chefe ou ex-colega de trabalho, pois este depoimento pode agregar valor ao seu perfil. 

— O LinkedIn é uma vitrine — ressalta Lucélia Ourique, consultora de carreira sênior na Thomas Case & Associados e idealizadora do Papo de RH.


Como solicitar recomendação

 1 - Clique em sua foto, depois em "Visualizar perfil"

Reprodução / LinkedInFoto:

2- Em seguida, selecione "Adicionar seção do perfil"

Foto: Reprodução / LinkedIn

3- Então vá em "Informações adicionais" e depois em "Solicite uma recomendação"

Foto: Reprodução / LinkedIn

2 - Lembre-se de que esta é uma rede profissional

Tome cuidado com a sua foto. Descarte as que você está com amigos, com cachorro, na praia ou em uma festa, por exemplo. Opte por uma imagem formal, de preferência, da cintura para cima, na qual você esteja em um fundo claro. Compartilhe conteúdos sobre mercado de trabalho que sejam relevantes para sua área de atuação, como alguma descoberta, pesquisa, ou até mesmo artigos e conteúdos feitos por você.

3 - Use os filtros para melhorar a sua busca 

O LinkedIn tem um espaço para busca de vagas de emprego. É possível usar filtros por palavras-chave, como nome de cargo ou área de interesse e por localização. Depois que você inclui, por exemplo, Recursos Humanos e Porto Alegre, há como utilizar mais filtros, como data de anúncio das vagas, filtrando por últimas 24 horas, últimas semana, último mês ou qualquer período. Você ainda pode colocar o nome de alguma empresa e o nível de experiência, que varia entre estágio, iniciante, assistente, pleno-sênior, diretor e executivo. 


Como procurar vagas

1- Na parte superior do site, clique em "Vagas"

Reprodução / LinkedInFoto:

2-  Você poderá filtrar por data do anúncio, empresa, nível de experiência e cursos do LinkedIn, como vagas com menos de 10 candidaturas 

Foto: Reprodução / LinkedIn

Outra dica é criar um alerta de pesquisa, para receber diariamente ou semanalmente vagas, com os filtros que você deseja, por e-mail ou por meio de notificação no seu computador ou dispositivo móvel.


Como criar alerta de pesquisa

 1- No canto direito, clique em "Criar alerta de pesquisa"

Foto: Reprodução / LinkedIn

2-  Selecione como deseja receber as vagas, se prefere diariamente, semanalmente, por e-mail ou por notificação em computadores e dispositivos 

Foto: Reprodução / LinkedIn

4 - Siga perfis de empresas de seu interesse e participe de grupos

Siga empresas que você gostaria de trabalhar. Com isso, além de ficar por dentro de vagas divulgadas nos perfis, você poderá visualizar funcionários que têm perfil no LinkedIn, conectando-se com eles e informando seu interesse por uma oportunidade. Para ficar por dentro de vagas, você também pode entrar em grupos específicos da sua área de atuação, onde, além de oportunidades, são compartilhadas novas ideias sobre o ramo. 

5 - Faça network

Como toda rede social, o LinkedIn permite criar contatos. Neste caso, estamos falando de contatos profissionais — o network. Um recurso que pode ajudar é entrar no perfil da empresa na qual você gostaria de trabalhar e clicar em "Visualizar todos os funcionários no LinkedIn" para fazer conexões. O ideal é, primeiro, se conectar com a pessoa que você deseja. Após ter a solicitação aceita, você pode mandar uma mensagem para se apresentar e falar sobre seu interesse em uma oportunidade. No entanto, é preciso ter cuidado, não se mostre desesperado e não envie currículo já no primeiro contato. A forma como você se expor na primeira conversa pode abrir ou fechar portas. Confira dois exemplos de mensagens:

Bom dia, sou (nome completo). Tenho interesse em trabalhar na XXX, conforme minhas experiências, acredito que meu perfil se encaixa com os valores da empresa. Gostaria de saber se posso lhe enviar meu currículo?

Boa tarde, sou (nome completo). Acompanho o perfil da empresa na qual você atua e gostaria de adicioná-lo à minha rede de contatos. Também tenho interesse em saber como tenho acesso às oportunidades. 

 Como se conectar com funcionários da empresa

1- Clique em "Visualizar todos os funcionários no LinkedIn"

Foto: Reprodução / LinkedIn

2- Depois, é só se conectar com quem você quiser

Foto: Reprodução / LinkedIn

Fontes: Jandara Souza, consultora do Escritório de Carreiras da PUC-RS; Lucélia Ourique, consultora de carreira sênior na Thomas Case e idealizadora do talk show Papo de RH; Simone Kramer, coach executiva e vice-presidente de expansão da Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH) e Thaís Garzieira, sócia-diretora da Staff Recrutamento e Consultoria em RH

Leia mais
Quer mudar de carreira? Confira dicas que podem ajudar no processo de transição


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros