Bailarino gaúcho retorna a Porto Alegre para dançar na escola que o lançou - Notícias

Versão mobile

 
 

Balé para agradecer03/09/2014 | 07h02

Bailarino gaúcho retorna a Porto Alegre para dançar na escola que o lançou

Gabriel Fernandes,bailarino do Theatro Municipal do Rio de Janeiro e ex-morador do Bairro Mario Quintana,deve voltar ao Estado para dançar no aniversário do Studio Ballet Cris Fragoso

Bailarino gaúcho retorna a Porto Alegre para dançar na escola que o lançou Jader Silva/Divulgação
O bailarino gaúcho Gabriel Fernandes (D) dança O Lago dos Cisnes com a Companhia Brasileira de Ballet Foto: Jader Silva / Divulgação

Como roteirista da própria vida, o bailarino Gabriel Fernandes, 21 anos, ex-morador da Vila Atenis, no Bairro Mario Quintana, na Zona Norte da Capital, segue transformando sonho em realidade. Atuando há dez meses no corpo de balé do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Gabriel deve voltar a Porto Alegre em dezembro para dançar nos 40 anos da escola que o lançou: o Studio Ballet Cris Fragoso.

Há cinco anos, quando teve a história contada pela primeira vez no Diário Gaúcho, Gabriel era apenas um jovem aspirante a bailarino, que ganhara uma bolsa de estudos no Conservatório Brasileiro de Dança, no Rio de Janeiro. Sem condições financeiras de pagar a viagem, o jovem contou com a ajuda de leitores e amigos e obteve o dinheiro necessário para viver durante um ano em terras fluminenses. Nunca mais voltou.

- Em seis meses, eu já era estagiário do corpo de balé da Companhia Brasileira de Ballet. Acabei me profissionalizando. Minha vida mudou - recorda.

Viagem nos planos
Nos anos seguintes, o bailarino participou de todas as temporadas da Companhia no Exterior. Se apresentou em países da América Latina e também em Israel. Em 2013, quando a Companhia mudou-se para São Paulo, Gabriel decidiu permanecer no Rio e tentar a sorte no corpo do Theatro Municipal. Foi selecionado como bailarino temporário. Talentoso e esforçado, teve a permanência prolongada, pelo menos, até o final deste ano. Mas ele já pensa mais alto.

- Estou economizando para viajar aos Estados Unidos em 2015. Pretendo participar de audições por lá, mas me falta um padrinho ou patrocinador para me ajudar com parte das despesas - conta.

"É um grande bailarino em potencial"
Para o diretor do Ballet do Theatro Municipal, Sergio Lobato, Gabriel tem potencial para ir além. Porém, precisa aprofundar os conhecimentos. Sergio afirma que o bailarino gaúcho pode ter como caminho futuro companhias na Europa ou nos Estados Unidos.

- Gabriel é um grande bailarino em potencial. Vem demonstrando arte e técnica com muita determinação e evolução. Chegou ao Theatro Municipal com pouca experiência e conceitos ainda de menino faminto a fazer e acontecer. Hoje, se tornou um grande artista bailarino, não que o não fosse. Mas agora é um profissional. Talento e virtudes ele tem, e devo parabenizar seus professores em seu início no Rio Grande do Sul - resume Sergio.

Leia outras notícias do dia

"Estou contando os meses"
A apresentação de Gabriel em Porto Alegre fará parte da festa dos 40 anos do Studio Ballet Cris Fragoso, escola que concedeu a ele a primeira bolsa de estudos quando ainda dançava na Escola Municipal Professora Ana Íris do Amaral, no Bairro Protásio Alves. A festa terá apresentações com a participação de ex-alunos do Studio que tornaram-se profissionais e ocorrerá em 5 de dezembro, no Teatro Ciee, a partir das 21h.

As tratativas com o Theatro Municipal do Rio de Janeiro para liberação do bailarino estão na fase final. Em Porto Alegre, Gabriel dançará com a bailarina Manoela Marquez o dueto A Escrava e o Mercador, do balé O Corsário. Os dois estão ensaiando à distância e o bailarino chega a Porto Alegre dois dias antes para ensaiarem juntos.

- Será um prazer dançar com a escola que me ajudou a realizar o sonho de me tornar um bailarino profissional. Estou contando os meses - disse Gabriel.

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros