Ducati que homenageia Ayrton Senna é vendida em Porto Alegre - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Máquina rara17/12/2014 | 17h14

Ducati que homenageia Ayrton Senna é vendida em Porto Alegre

Apenas 161 unidades da Panigale 1199 S Senna foram fabricadas em Manaus

Ducati que homenageia Ayrton Senna é vendida em Porto Alegre Divulgação/Ducati
Modelo custa R$ 100 mil Foto: Divulgação / Ducati

Começam a ser liberadas em todo o Brasil, esta semana, as Ducati Panigale S Senna, moto raríssima feita em homenagem aos 20 anos da morte do piloto Ayrton Senna. Serão fabricadas apenas 161 – exatamente o mesmo número de provas que o brasileiro disputou na Fórmula 1 –, todas em Manaus e voltadas exclusivamente ao público brasileiro. Ontem, a primeira (e provavelmente única) foi entregue no Rio Grande do Sul. O proprietário é um empresário de São Leopoldo, que desembolsou R$ 100 mil pela máquina de número 127.

Leia mais notícias no Diário Gaúcho

Meses antes de morrer, Senna esteve na fábrica de Bologna, na Itália, para tratar sobre a criação de uma moto com seu nome. Um ano após sua morte, a Ducati lançou a 916 e assegurou que algumas ideias foram do brasileiro - entre elas, os tons de cinza na carenagem e de vermelho nas rodas, detalhes mantidos na S Senna.

Número de série é visível

A mesa é a mesma da esportiva Superleggera, na qual está inscrito o número de série da moto. O modelo utiliza diversos componentes de fibra de carbono. Com isso, a bicilíndrica de 195 cavalos de potência pesa apenas 160kg.

– A gente está em negócio com uma segunda, mas há uma fila de espera. Esperamos que dê certo – informou o proprietário da concessionária Casa de Máquinas, Alexandre Möller.

Conforme a montadora, já foram comercializadas cerca de 130 unidades - pelo menos 70% no Estado de São Paulo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca