Estudantes de Alvorada terão seus curtas exibidos em festival de cinema do Rio - Notícias

Versão mobile

 

De cinema!20/05/2015 | 07h02

Estudantes de Alvorada terão seus curtas exibidos em festival de cinema do Rio

O trabalho faz parte do Núcleo de Produção Audiovisual Clube das 5

Estudantes de Alvorada terão seus curtas exibidos em festival de cinema do Rio Ricardo Duarte/Agencia RBS
Luz, câmera, ação: é a gurizada encantada pela sétima arte Foto: Ricardo Duarte / Agencia RBS

Assim como o gosto pela sétima arte, que ultrapassa os limites da Escola Municipal Emília de Oliveira, na Vila Piratini – e hoje já se estende por outras quatro instituições de ensino de Alvorada – , os curtas do Núcleo de Produção Audiovisual Clube das 5 vão ganhar as telas de um festival de cinema fora do Estado.

Mesmo sem salas de cinema na cidade, o interesse pela produção audiovisual em Alvorada vem crescendo. Tanto que três curtas realizados por participantes do Clube das 5 foram selecionados para a etapa nacional do Festival Internacional Estudantil de Cinema de Barra do Piraí (a 100km da cidade do Rio de Janeiro) que acontece no final deste mês.

Vingança Fraterna, Da Estreia ao Fim e Coração em Oferta concorrerão na categoria Melhor Filme com outras sete produções de outras partes do país. Os filmes serão avaliados por um júri técnico e poderão receber até R$ 2 mil como premiação.

Pontos fortes

De acordo com o idealizador do projeto, o professor André Bozzetti, o cuidado com a fotografia e o som – elementos que geralmente as produções estudantis não se preocupam – são os pontos fortes dos filmes do grupo.

— Ser indicado e ter os filmes mostrados é o que mais importa. O prêmio será a cereja do bolo — observa o professor.

Iniciativa se espalhou pela cidade

O Clube das 5 nasceu na Escola Municipal Emília de Oliveira, em 2013. O nome é uma referência ao horário no qual professor e estudantes se reuniam, depois da aula, entre 17h e 19h _ mas também tem inspiração no filme O Clube dos Cinco (1985).

Atualmente, cerca de cem estudantes das escolas municipais Alice de Carvalho, Antônio de Godoy, Aparício Borges e do Centro Profissionalizante Florestan Fernandes participam do projeto.

Súper do bairro virou locação

Boa parte dos curtas produzidos pelo grupo tem como cenário o entorno da escola. Coração em Oferta, por exemplo, foi rodado num supermercado do bairro.

— Eu aprendi coisas que não costumava prestar atenção nos filmes. Hoje, gosto de todo tipo de filme — comenta Allef De Ávila, 13 anos, que atua no curta.

Jéssica Lima, 17 anos, outra protagonista do curta, conta que, hoje, prefere ir ao cinema a ir a uma festa.

Os alunos como verdadeiros protagonistas

Inicialmente, as filmagens eram feitas com equipamentos do professor André, um apaixonado por cinema que vem se qualificando na área para transmitir os conhecimentos aos alunos. Agora, foi adquirido um kit pela secretaria municipal da Educação, pasta à qual o projeto está vinculado.

— Com o equipamento, vou poder diminuir cada vez mais a minha participação. Tenho dado preferência aos roteiros deles. Quero que chegue o dia em que vão me apresentar um filme pronto — projeta André.

Os filmes selecionados no festival

- Vingança Fraterna: menina que resolve vingar o irmão. Com roteiro do professor André Bozzetti. 

- Da Estreia ao Fim: grupo de estudantes fica preso em teatro. O roteiro é da aluna Ester Alves.

- Coração em Oferta: sobre o amor na adolescência. Roteiro também de Ester Alves.

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros