VÍDEO: professora é agredida e humilhada por aluno dentro de escola - Notícias

Vers?o mobile

 
 

Desrespeito28/05/2015 | 15h48

VÍDEO: professora é agredida e humilhada por aluno dentro de escola

Estudante de Minas Gerais foi flagrado e imagens foram parar na internet

VÍDEO: professora é agredida e humilhada por aluno dentro de escola Reprodução/Youtube
Jovem deu tapa na bunda da professora Foto: Reprodução / Youtube

Um aluno da rede estadual de ensino de Minas Gerais foi suspenso após ser filmado ofendendo e agredindo uma professora, na cidade de Araçuaí, no Vale do Jequitinhonha. A discussão entre os dois foi filmada e divulgada na internet.

VÍDEO: após ser assediada, garçonete dá surra em cliente
Repórter e entrevistado batem boca durante gravação de matéria do SBT

No vídeo, o estudante de 14 anos é flagrado xingando a educadora com palavras de baixo calão. Enquanto os colegas dão risadas com a cena, o jovem dá um tapa na bunda da professora e tenta a tocar nos seios.

Além da humilhação, o aluno derruba propositalmente os livros que ela organizava na biblioteca da escola. A professora pede licença e tenta conversar com o menino, mas ele não dá ouvidos.

Assista ao vídeo:

Falta de respeito: Aluno ofende professora em escola pública. Confira o vídeo e dê sua opinião nos comentários

Posted by 180graus on Friday, May 22, 2015


Segundo o site G1, a professora está assustada. Ela preferiu não se pronunciar sobre o assunto, mas afirmou que se licenciará da função daqui a poucos dias. A funcionária continuou trabalhando mesmo após o fato.

A inspetora da Superintendência Regional de Ensino de Minas Gerais, Maria Aparecida Afonso, afirma que o aluno apresenta um retardo mental leve e precisa de vigilância e tratamento. Ele já esteve internado em um centro psiquiátrico em Belo Horizonte. Além disso, uma reunião foi convocada com os pais do aluno, mas eles não compareceram.

Leia mais notícias sobre escolas
Curta a nossa página no Facebook

— Assim que ficamos cientes fomos até a escola para falar com a funcionária e convocamos uma reunião com os pais do aluno, que não compareceram. Um boletim de ocorrência foi registrado e a bibliotecária passou por exame de corpo de delito. Acionamos também o Conselho Tutelar e comunicamos o fato à Secretaria de Estado de Educação — afirmou ela ao site

Nessa quarta-feira, dia 27, um protesto reivindicando providências para o caso reuniu professores e alunos vestidos de preto em frente à Escola Estadual Dom José de Haas, onde as cenas foram gravadas. O muro do colégio foi coberto com lonas pretas em sinal de luto.

* Diário Gaúcho

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros