Ônibus com 28 imigrantes haitianos chega a Porto Alegre - Notícias

Vers?o mobile

 

Refugiados 28/06/2015 | 17h55

Ônibus com 28 imigrantes haitianos chega a Porto Alegre

Nove já têm propostas de emprego e devem ficar nas casas de amigos e familiares

Ônibus com 28 imigrantes haitianos chega a Porto Alegre  Divulgação/Secretaria Municipal de Direitos Humanos
Grupo foi recebido por representantes da Secretaria Municipal de Direitos Humanos Foto: Divulgação / Secretaria Municipal de Direitos Humanos

Um ônibus com 28 imigrantes haitianos desembarcou na madrugada deste domingo na rodoviária de Porto Alegre. O grupo, que partiu de Rio Branco, no Acre, foi recebido por representantes da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e acolhido no Centro Vida Humanístico, administrado pela Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social (FGTAS), vinculada à Secretaria Estadual do Trabalho. Mais três refugiados devem chegar na Capital na madrugada de segunda-feira.

De acordo com o secretário municipal de Direitos Humanos, Luciano Marcantônio, dois dos 28 imigrantes que chegaram no domingo seguirão para Passo Fundo, na região Norte, e sete ficarão na casa de amigos e familiares em Porto Alegre. Eles já possuem propostas de trabalho. Os outros 19 devem permanecer no Centro Vida até conseguirem um emprego. O local já abriga três senegaleses.

Leia todas as últimas notícias de Zero Hora
Reportagem especial mostra saga dos imigrantes haitianos e senegaleses

A secretaria iniciou no domingo um processo de triagem para identificar a nacionalidade dos imigrantes e se falta alguma documentação. Marcantônio explica que alguns não possuem carteira de trabalho e que a confecção do documento será a primeira providência a ser tomada a partir de segunda-feira.

— Esses imigrantes estão ocupando vagas ociosas. Ele vêm para ajudar na produtividade dessas empresas e a gerar renda para o Estado. Os imigrantes já tiveram participação decisiva na construção do RS e, agora, também estão contribuindo. Temos de recebê-los bem e entender que eles estão vindo para trabalhar — afirma o secretário.

Conforme Marcantônio, mais de 5 mil imigrantes haitianos e senegaleses já passaram por Porto Alegre desde 2011. Somente neste ano, 61 desembarcaram na capital gaúcha por meio do convênio do governo do Acre com o Ministério da Justiça, que banca o transporte. Além disso, cerca de 800 já se cadastraram no Sistema Nacional de Empregos (Sine) em 2015. Empresas que têm vagas a oferecer podem entrar em contato com a Secretaria dos Direitos Humanos pelo telefone (51)3289.2058. A pasta também solicita doações de roupas, alimentos e material de higiene, que podem ser entregues no Centro Vida (Avenida Baltazar de Oliveira Garcia, 2132), das 8h às 18h.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros