Eles são jovens, mas já se tornaram piloto e copiloto de uma companhia aérea britânica - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Decolando na carreira27/09/2016 | 12h11Atualizada em 27/09/2016 | 12h17

Eles são jovens, mas já se tornaram piloto e copiloto de uma companhia aérea britânica

Aos 26 anos, Kate McWilliams é uma das 450 mulheres que lideram voos no mundo todo. Luke Elsworth, de 19 anos, é seu auxiliar

Eles são jovens, mas já se tornaram piloto e copiloto de uma companhia aérea britânica Reprodução / Facebook/Facebook
Foto: Reprodução / Facebook / Facebook

Dois jovens profissionais conquistaram os céus nesta semana. Kate McWilliams, de 26 anos, e Luke Elsworth, de 19 anos, se tornaram piloto e copiloto de voos comerciais da companhia aérea Easyjet, com sede em Luton, na Inglaterra.

A empresa divulga McWilliams como a mulher mais jovem no mundo a ocupar o posto de piloto. Ela recém foi aprovada em um curso para tornar-se capitão. Luke, por sua vez, é visto como um dos mais jovens copilotos da Inglaterra.

Leia mais:
8 dicas para se sair bem em uma seleção de emprego
Confira 7 dicas para montar um currículo campeão

De acordo com a Sociedade Internacional de Mulheres Pilotos, apenas 450 mulheres são encarregadas de liderar os voos, sendo que há cerca de 130 mil pilotos no mundo inteiro.

No Brasil, elas representam um índice de apenas 1,4% em relação aos 13.928 postos de piloto no país.

O interesse de McWilliams na profissão surgiu ainda na infância, quando teve a oportunidade de assistir a um show aéreo. Aos 13 anos, já estava estudando em um curso preparatório de cadetes do ar.

Em entrevista à CNN, Julie Westhorp, integrante da Associação Britânica de Mulheres Pilotos, disse que o caso de McWilliams é um exemplo de que a profissão pode ser ocupada por mulheres, ainda que elas estejam longe da maturidade.

— Isso demonstra claramente a outras mulheres jovens que é possível ter sucesso como um piloto de aviação comercial — incentivou.

Leia outras notícias


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • edsonnemoto

    edsonnemoto

    edson nemotoNovas regras passarão a valer para trabalhadores com idade até 50 anos https://t.co/YugE6YaqVT via @diario_gauchohá 8 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros