Guri fica conhecido na Expointer por amizade inusitada com zebu - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Expointer 201601/09/2016 | 10h00Atualizada em 02/09/2016 | 14h54

Guri fica conhecido na Expointer por amizade inusitada com zebu

Ligação entre menino de oito anos e zebu atrai os olhares dos visitantes nos pavilhões da feira agropecuária, em Esteio

Guri fica conhecido na Expointer por amizade inusitada com zebu Tadeu Vilani/Agencia RBS
Arthur na garupa do amigo Visconde Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

É sobre a corcova de um zebu com mais de 800kg que Arthur Marques Pereira, oito anos, de Minas Gerais, encontra tranquilidade e também fama repentina durante os dias em que permanece com a família num dos pavilhões da Expointer, em Esteio. Basta o guri — morador de Uberaba, filho e neto de gaúchos criadores da raça zebuína tabapuã em Manoel Viana, no Noroeste do Rio Grande do Sul — recostar-se no amigo Visconde para as primeiras câmeras de visitantes apontarem para ele.

Ele acaricia o lombo do zebu, sobe na garupa e passa parte do dia deitado sobre o animal de dois anos. Visconde não parece se importar. Por vezes, dá umas olhadelas no guri, como se o tivesse cuidando. De tanto apego, o menino desperta a atenção dos visitantes mais curiosos ficou "famoso na feira", como Arthur se identifica, brincando.

— Ele (Visconde) gosta de receber carinho. E eu gosto de dar carinho, porque sou amigo dele — justifica Arthur.

Visconde não se importa com o menino Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Neste ano, o quinto consecutivo que o menino desembarcou no Estado com os pais especialmente para participar da feira, não foi diferente. Os dias na Expointer são como parque de diversões. A função começa antes de os portões abrirem aos visitantes e só termina porque ele não pode permanecer o tempo inteiro no pavilhão dos zebuínos.

— Desde bebê, o Arthur é apaixonado pelos zebus e não demonstra medo deles. O primeiro a se aproximar dele foi o Thomas, pai do Visconde. Mas, em 2015, Thomas foi vendido pelo avô de Arthur. Ele ficou muito triste até conhecer Visconde. Foi amor à primeira vista — conta o pai, o médico veterinário Patrick Pereira, 37 anos.

Leia mais
Famílias visitam a Expointer pela primeira vez
5 dicas para identificar um mentiroso

A mãe, a psicóloga Flávia Marques Pereira, 34 anos, acredita que a amizade entre o filho e Visconde é a mais sincera. Tanto que ela não conseguiu negar a vinda do filho, mesmo com o reinício das aulas deste semestre. A escola foi avisada da participação de Arthur na feira. A família retornou ontem a Minas Gerais para que o filho não perdesse mais dias de aula.

— Ele adoeceria se não viesse. Nem na final do Freio de Ouro ele quis ir. Ficou com os zebus, enquanto participávamos do evento. Nem consegui levá-lo para comprar uma bombacha. Acho que ele gosta muito porque na cidade, onde mora, não tem contato direto com os animais — explica a mãe.

Pai e filho na Expointer Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

Pesadão, manso e sem chifres
O tabapuã é uma raça legitimamente brasileira. Nasceu do cruzamento entre o gado mocho nacional e animais de origem indiana, especialmente a raça nelore. O tabapuã é o zebuíno que se adapta melhor ao frio.

Segundo a Associação Brasileira de Criadores de Tabapuã, a raça é campeã de peso já aos 205 dias, ultrapassando os 300kg. Em média, os bois chegam à fase de abate aos 30 meses, com mais de 800kg. Sem chifres, a raça é mansa e por isso não se estressa ou perde peso durante vacinações, pesagens e transporte. O tabapuã também não se envolve em brigas e lida melhor com alimentação no cocho.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • Bibii_brm7

    Bibii_brm7

    BiancaRT @ou_antonio: Em 5 dias, em 2 capas, o Diário Gaúcho resumiu o ano perfeito para nós gremistas https://t.co/AlFaJPCbithá 47 minutosRetweet
  • SouDiabolico

    SouDiabolico

    Eden HazardMinha fase está tão critica que eu estou pensando em seriamente me inscrever no Clube Dos Corações Solitários do Diario Gauchohá 55 minutosRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros