Magali Moraes fala sobre trabalho: você é apaixonado pelo que faz? - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Coluna da Maga30/09/2016 | 09h08Atualizada em 30/09/2016 | 09h08

Magali Moraes fala sobre trabalho: você é apaixonado pelo que faz?

Magali Moraes fala sobre trabalho: você é apaixonado pelo que faz? Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Quem trabalha com aquilo que gosta transmite uma paixão que contagia a gente. Essa semana, fiquei uma manhã inteirinha ouvindo um homem falar sobre perfumes. No começo da conversa, ele já se desculpou avisando que poderia passar do horário porque (confessou) sempre se empolga no assunto. Desde quando uma pessoa que fala com brilho nos olhos precisa pedir desculpa por isso? Não era empolgação, era paixão de verdade. Os apaixonados se declaram, em vez de simplesmente falar.

Claro que a manhã passou voando. Quem nunca dormiu em palestra chata? Hoje em dia, quem consegue se concentrar por mais de dez minutos? Não foi o caso. Tudo culpa desse amor envolvido. O homem que ouvi com atenção é um estudioso da história da perfumaria e um criador de perfumes. Trabalha nisso há décadas e ainda se emociona ao dividir seu conhecimento. Existem professores que também transmitem essa paixão e envolvem a turma toda em aulas que mais parecem um encontro entre amigos. Da mesma forma, existem palestrantes que nos seguram do começo ao fim. Só nos resta aplaudir.

Confira outras colunas da Maga

Dia do pagamento

Fiquei pensando nesses apaixonados por aquilo que fazem. Ninguém paga a conta da luz com amor, mas como ajuda a ter outra postura no trabalho! Isso vale pra qualquer profissão. Ficar contente apenas no dia do pagamento é um erro, não tem como dar certo. Mas se tem um pingo de paixão, a gente suporta mais fácil as dificuldades do dia a dia.

Tem os que só reclamam e trabalham no automático. Tem os que se entregam, se empolgam, se divertem, se motivam, se envolvem, se dedicam. Quem você acha que levanta mais fácil da cama pra ir trabalhar? Às vezes é a vocação da pessoa. Em outros casos é a personalidade. Agora quando essas duas coisas se misturam, temos aí a combinação perfeita. Não está fácil pra ninguém, a crise segue assustando. Sorte de quem consegue se manter (e crescer) no trabalho porque demonstra a sua paixão. 


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • edsonnemoto

    edsonnemoto

    edson nemotoNovas regras passarão a valer para trabalhadores com idade até 50 anos https://t.co/YugE6YaqVT via @diario_gauchohá 8 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros