No seu dia, jornaleiros do Diário Gaúcho e da Zero Hora recebem presente e kit com lanche - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Homenagem30/09/2016 | 18h01

No seu dia, jornaleiros do Diário Gaúcho e da Zero Hora recebem presente e kit com lanche

Jornaleiros do Grupo RBS receberam a lembrança antes do início da jornada de trabalho no dia dedicado a eles

No seu dia, jornaleiros do Diário Gaúcho e da Zero Hora recebem presente e kit com lanche Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Comemorado nesta sexta-feira, o Dia de Jornaleiro começou especial para a equipe de trabalhadores que diariamente leva a informação até os leitores do Diário Gaúcho e da Zero Hora.

No final da madrugada, a equipe foi presenteada com uma mochila, um kit com lanche e um convite para participar da 3ª edição de Diversão no Parque – o evento gratuito ocorre no dia 8 de outubro, sábado, das 10h às 14h, no Parquinho da Redenção, em Porto Alegre.

Ao todo, 75 jornaleiros divididos em duas equipes fazem a venda diária de exemplares do DG e da ZH na Capital e na Região Metropolitana.

Leia mais:
Jornalista vive dia de jornaleira

Com ponto de venda na Esquina Democrática, no Centro da Capital, Maria Denise Ambrósio, 59 anos, diz que o segredo de um bom jornaleiro é um só: simpatia. Por volta das 5h10min de sexta-feira, ela já esbanjava sorrisos e fazia brincadeiras com os colegas enquanto pegava os jornais que venderia ao longo da manhã:

— Eu dou risada, trato bem, se (o cliente) chega mal-humorado, já sai sorrindo também. Me chamam de tia, avó, mãe — diverte-se ela, jornaleira há três anos.

Maria conta que se diverte com os clientes Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Leia mais notícias do dia

Jéssica Leite Duarte, 22 anos, acorda todos os dias às 4h15min para trabalhar e também aposta no sorriso no rosto para ser uma boa profissional. Para ela, o melhor dia de vendas é segunda-feira, quando os jornais trazem os resultados das partidas da dupla Gre-Nal no final de semana.

Para Jéssica, é importante ser pontual Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS


Ela conta que procura ser pontual para conseguir vender para os trabalhadores que já circulam nas primeiras horas da manhã pelo seu ponto de venda, nas esquinas das Avenidas Érico Veríssimo e José de Alencar, no Bairro Menino Deus.

Ter contato com clientes de todas as idades é o que fascina o jornaleiro Daniel Trindade Alvares, 50 anos, de Viamão. Ele vende jornais na esquina da Avenida Cristóvão Colombo com a Rua Doutor Timóteo, onde é conhecido pelos clientes como Bob. O período das 6h às 9h30min é o de maior fluxo de pessoas atrás de jornais, conta ele.

Daniel é conhecido como Bob pelos clientes Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

— Muitas vezes, chega a ter três ou quatro na minha volta pedindo o jornal. Realmente, faço porque me sinto bem. Se a gente faz o que gosta, o trabalho dá certo — ensina ele. 


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • edsonnemoto

    edsonnemoto

    edson nemotoNovas regras passarão a valer para trabalhadores com idade até 50 anos https://t.co/YugE6YaqVT via @diario_gauchohá 2 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros