A 62ª Feira do Livro de Porto Alegre começa hoje: confira as atrações e novidades desta edição - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Festa da literatura28/10/2016 | 08h09Atualizada em 28/10/2016 | 08h18

A 62ª Feira do Livro de Porto Alegre começa hoje: confira as atrações e novidades desta edição

O evento é gratuito e oferece atrações culturais para todos os públicos.

A 62ª Feira do Livro de Porto Alegre começa hoje: confira as atrações e novidades desta edição Mateus Bruxel/Agencia RBS
Evento recebe o público a partir das 12h30min desta sexta-feira Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Começa nesta sexta-feira, dia 28, a 62ª Feira do Livro de Porto Alegre, às 19h, com a tradicional solenidade de abertura, mas, desde as 12h30min, o público já poderá circular por mais de 90 bancas que oferecem saldos e lançamentos por preços especiais.

Até o dia 15 de novembro, a Praça da Alfândega, no Centro da Capital, recebe o maior evento do gênero a céu aberto da América Latina. A patrona desta edição é a escritora Cintia Moscovich.

A feira é dividida em Área Geral, Área Internacional e Área Infantil e Juvenil. Centenas de escritores, ilustradores, contadores de histórias participam da festa literária, que contará com sessões de autógrafos, mesas-redondas, oficinas, palestras e programações artísticas, entre outras atividades. Os eventos serão realizados no Memorial do Rio Grande do Sul, Santander Cultural, Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, Armazém Literário da Corag, Auditório da Inspetoria da Receita Federal, Teatro São Pedro e Auditório Dante Barone da Assembleia Legislativa. O evento é gratuito. 

Leia as últimas notícias do dia

A Área Infantil e Juvenil pode ser visitada diariamente, das 9h às 21h. À Área Geral e Internacional, o público terá acesso de domingo a sexta-feira, das 12h30min às 21h, e aos sábados, das 10h30min às 21h.

Confira os principais destaques:

ESCRITORES DE DIVERSOS PAÍSES
- Na programação para adultos, escritores de países como Argentina, Peru, México, França, Noruega, Alemanha, Espanha, Cuba, Itália, Angola, Portugal, África do Sul, Israel que se somam a mais de uma centena de autores brasileiros, dividindo-se em oficinas, palestras, debates, mesas redondas e encontros.
- Neste ano, serão mais de 700 sessões de autógrafos, com mais de 2 mil autores. Ao lado da Praça de Autógrafos, uma banca estará sempre atualizada, vendendo ao público os títulos a serem assinados no horário. Também estão previstas 170 mesas de debate desta edição.

Leia mais
Como uma escola estadual no limite entre POA e Viamão resolveu o problema da falta de materiais
Enem 2016: estudo, esforço e dedicação rumo ao diploma

ÁREA INFANTIL
- No QG dos Pitocos (Avenida Sepúlveda entre Avenida Mauá e Rua Siqueira Campos), há contação de histórias aberto ao público infantil. Para agendamento, a escola ou creche deve preencher um formulário no site. Depois, precisa enviar um e-mail para visitacaoescolar@camaradolivro.com.br.
- A Tenda de Pasárgada fica na Praça da Alfândega, em frente ao Memorial do RS.
- Conforme a programação, também há contação de histórias com autores na Biblioteca Moacyr Scliar (Memorial do Rio Grande do Sul, Rua Sete de Setembro, 1.020, térreo).
- Também estão previstas apresentações teatrais na Praça de Autógrafos, na Praça da Alfândega, no Teatro Carlos Urbim (Avenida Sepúlveda, entre Avenida Mauá e Rua Siqueira Campos), entre outras atividades que fazem parte da programação oficial. 

Vá garantir o seu livro! Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

ACESSIBILIDADE
- A Estação da Acessibilidade está localizada no Espaço Cultural dos Correios, no térreo do Memorial do RS (Rua Sete de Setembro, 1.020). Lá, são oferecidos, entre outros serviços, empréstimo de cadeiras de rodas, venda de audiolivros, visitas guiadas para cegos e surdo-cegos, tradução em Libras, programação da Feira em braile e auxílio para a aquisição de livros nas barracas dos livreiros.
- O agendamento de visitas guiadas para cegos ou surdo-cegos deve ser feito pelo e-mail: visitaguiada@desenvolver-rs.com.br.
- A programação completa pode ser encontrada no site do evento.

OFICINAS GRATUITAS
- Podem ser feitas no Centro Cultural Erico Verissimo para as oficinas nas quais ainda houver vagas. Caso as vagas já tenham sido preenchidas, o interessado poderá enviar um e-mail para oficina@camaradolivro.com.br e aguardar na lista de espera.
- Entre os temas das oficinas está a elaboração de contos, técnicas para obtenção de imagens com câmeras digitais e celulares, poesia de uma linha, escrita criativa, cuidado de livros, encadernação artesanal, composição de trovas, oficina de filosofia, audiodescrição, entre outros.

HOMENAGEM AOS AÇORES
- A Região Autônoma dos Açores é homenageada pela Feira do Livro por sua importância na história do Estado e como parte das comemorações pelos 40 anos de sua consagração como região autônoma de Portugal. Serão seminários, debates, apresentações e oficinas que celebram a cultura de um povo que compartilha um vínculo histórico com a Capital.
- Estarão por aqui poetas, escritores, pesquisadores e outros profissionais ligados à Literatura. Logo após a abertura da Feira, prevista para as 19h no Teatro Carlos Urbim (Avenida Sepúlveda, entre Avenida Mauá e Rua Siqueira Campos), os dançarinos do Rancho Folclórico da Casa dos Açores do Rio Grande do Sul movimentam a Praça de Autógrafos, a partir das 20h30min.
- Entre as atividades artístico-musicais com as quais o público terá contato estão as chimarritas, danças do pezinho e outras.

São 90 bancas com livros para todos os gostos Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

LOCALIZE-SE (acesse o mapa da Feira neste link)
- A Área Internacional da Feira migrou para dentro do Memorial do RS. Já a Área Infantil e Juvenil, que por muitos anos ocupou o Cais do Porto, seguirá sobre a Alameda da Sepúlveda, como nas edições mais recentes.
- O número de bancas na Alameda Rua dos Andradas diminuiu. Apenas metade daquele espaço pôde ser ocupado nesta edição do evento. A ausência das barraquinhas se justifica por conta de uma obra num dos prédios do endereço, inviabilizando a ocupação.
- Praça de alimentação: um dos espaços mais queridos da feira, a Praça de Alimentação deve repetir o sucesso de circulação dos últimos anos, com variedade de lanches, chope e cerveja.
- Banco de Livros: ponto para coleta de doações de livros. Há oito anos, o Banco de Livros recebe leituras descartadas pelos visitantes e as repassa para escolas e outras instituições, como creches, hospitais e presídios. Até hoje, já foram arrecado 978 mil títulos – a marca de 1 milhão deverá ser ultrapassada em plena Feira. 


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros