Após boato de morte, Adriano Gabiru segue na torcida pelo Inter - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Entrevista01/10/2016 | 10h03Atualizada em 01/10/2016 | 10h03

Após boato de morte, Adriano Gabiru segue na torcida pelo Inter

Mais vivo do que nunca, autor do gol que deu o Mundial ao Inter em 2006 espera ver o antigo clube escapar da segunda divisão.

Após boato de morte, Adriano Gabiru segue na torcida pelo Inter Ricardo Duarte/Agencia RBS
Foto: Ricardo Duarte / Agencia RBS

Não bastasse o drama que o Internacional vive para escapar da segunda divisão, a quinta-feira foi outro susto para os colorados. Tudo por causa de um boato nas redes sociais que chegou a ser noticiado por sites esportivos: o herói do Mundial de 2006 teria morrido em um acidente de carro.

Leia mais:
Sine da Capital oferece 92 vagas de emprego a partir desta segunda
Conheça os segredos de dois profissionais que estão há 30 anos na atividade

Sim, Adriano Gabiru, o autor do gol mais importante da história do Inter, em Yokohama, no Japão, contra o Barcelona. Uma nota falsa atribuída ao último time que ele defendeu circulou na internet. Mas demorou pouco para a coisa se esclarecer.

– Me ligaram de Porto Alegre com essa história. Respondi na hora: ¿Que isso! Sou eu mesmo! Tô é vivo, graças a Deus! – disse ao Diário Gaúcho. 

Diário Gaúcho – Ainda estão ligando para saber se você está vivo? Adriano Gabiru – De vez em quando. Mas tá louco, não se faz isso, inventar uma história. E ainda divulgar sem saber. Me ligaram de Porto Alegre. Respondi na hora: ¿Que isso! Sou eu mesmo! Tô é vivo, graças a Deus!¿

Diário – Teve meme na internet dizendo que você ressuscitou mais rápido que Jesus Cristo.
Gabiru –
Pois é (risos). O pessoal é muito ligeiro. Mas não tem nada disso. Eu estava em casa, com a minha família, tudo bem e em paz. 

Diário – Se fosse verdade, acha que teria homenagem? Estátua, placa...
Gabiru –
Não sei dizer, difícil de responder. Ia depender de quem estivesse no clube. Mas se tivesse homenagem, ia morrer feliz. Quem sabe bem mais para o futuro, quem sabe? (risos) 

Diário – E o Inter? Será que vai continuar vivo na primeira divisão?
Gabiru –
Que coisa isso, né? Vai ter de ganhar esse jogo (neste sábado, às 21h, contra o Figueirense no Beira-Rio). A gente sabe que é complicado, mas está aqui torcendo. O time tem qualidade para sair dessa, não sei o que está acontecendo. Tem de jogar, agora, como se fosse final de Libertadores ou de Mundial. Jogar com a bunda no chão, ter humildade.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • jjsvoficial

    jjsvoficial

    JJSV#VOTEJJSV Nomes da Música Nacional 2016 do Diário Gaúcho #JJSV VOTAR: https://t.co/6Tz2q37aUA https://t.co/6BcDMrqHbKhá 2 horas Retweet
  • brancosbr

    brancosbr

    renato brancoCanguru Nocauteado... https://t.co/xacIk5zTKZ via @diario_gauchohá 3 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros