VÍDEO mostra homem chutando morador de rua em São Paulo - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Agressão10/10/2016 | 14h53Atualizada em 10/10/2016 | 21h05

VÍDEO mostra homem chutando morador de rua em São Paulo

Motorista do Uber registrou violência e divulgou no Facebook. Cenas causaram revolta

VÍDEO mostra homem chutando morador de rua em São Paulo Reprodução / Facebook/Facebook
Foto: Reprodução / Facebook / Facebook

Vestido de terno e sapato social, um homem foi flagrado chutando um morador de rua na região central de São Paulo. O momento da agressão foi registrado por um motorista do Uber, que divulgou o vídeo no Facebook na sexta-feira, dia 7. 

Leia mais:
Brigadianos dão banho e compram roupas para morador de rua que dorme perto da companhia
Conheça a história do empresário, ex-morador de rua, que ajuda crianças e idosos

"E ESSE SÃO as melhores pessoas. Eu parado no carro quando olho para o lado dois caras começam a chutar um morador de rua sem ele se quer fazer nada. Quando sai do carro para falar eles saíram andando. Inacreditável", escreveu Maicon Campos, de 25 anos, o motorista que presenciou a agressão.

Em entrevista ao G1, Maicon disse que a violência começou antes de ele filmar. Eram três homens que importunavam o morador de rua, que estava dormindo. Um deles desferiu um chute, e quando Maicon decidiu gravar conseguiu pegar outro integrante do trio chutando novamente.

De acordo com o jornal Estadão, Maicon saiu do carro e foi atrás dos três homens. Assim que entrou em outra rua, deparou-se com o trio conversando com um policial militar. O policial teria dito a Maicon que não poderia fazer nada a respeito pois não havia presenciado a agressão.

O vídeo teve mais de 7 mil compartilhamentos e 390 mil visualizações, causando revolta na internet. 

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • edsonnemoto

    edsonnemoto

    edson nemotoNovas regras passarão a valer para trabalhadores com idade até 50 anos https://t.co/YugE6YaqVT via @diario_gauchohá 8 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros