Com mais de mil itens sobre futebol, colecionador realiza sonho de exposição na Restinga  - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Paixão pelo esporte27/11/2016 | 20h02Atualizada em 27/11/2016 | 20h02

Com mais de mil itens sobre futebol, colecionador realiza sonho de exposição na Restinga 

Morador da Restinga guarda acervo desde criança. Qualquer objeto que tenha a ver com o esporte lhe desperta o interesse

Com mais de mil itens sobre futebol, colecionador realiza sonho de exposição na Restinga  Camila Domingues/Especial
Com o filho Kauã, oito anos, Anderson exibe coleção que faz desde criança Foto: Camila Domingues / Especial

Reunidos com cuidado por mais de duas décadas, mais de mil itens sobre futebol – de camisetas autografadas a álbuns de figurinhas – foram tema de uma exposição ontem, no salão da Paróquia Nossa Senhora da Misericórdia, na Restinga, Extremo-Sul de Porto Alegre.

Mais do que um apaixonado por futebol, o vigia Anderson Marquetti da Rocha, 34 anos, se tornou um colecionador minucioso e sedento pesquisador sobre o esporte. De itens mais simbólicos, como bola e uniformes autografados, até outros banais, como copos e garrafinhas, o que tiver relacionado ao esporte, independente do time, desperta o interesse do colecionador. 

Foto: Camila Domingues / Especial
Exposição arrecadou 1kg de alimento não perecível que será doado para comunidades da Restinga Foto: Camila Domingues / Especial


Ao expor toda sua coleção, realizou o sonho que confidenciou ao Diário Gaúcho em junho de 2014, quando foi tema de uma reportagem durante a Copa do Mundo, exibindo o acervo de camisetas de times brasileiros e de diversas seleções.

Para conferir o evento, ele pediu como entrada um 1kg de alimento não perecível. A arrecadação será doada para famílias carentes do bairro na semana do Natal. Só de camisetas, são 90 de mais de 50 times. Gremista fanático, tem 38 camisetas do time.

Leia mais:
Colecionador de camisas de futebol tem 130 só do Grêmio. Confira as fotos

Embora seja torcedor do Tricolor, não se restringe a um time. Garante que, acima de tudo, gosta de futebol. Tanto que a exposição teve um espaço específico para objetos do Internacional, time da esposa, a administradora Vanessa da Rocha, 34 anos:

— Curto o futebol integralmente, vou atrás de coisas do internacional, recebo e troco _ diz ele, exibindo uma revista de Dubai que exibia na capa a conquista do Internacional da Dubai Cup, em 2008.

A coleção teve início quando ele tinha oito anos, com tabelas de jogos da Copa do Mundo e a influência do tio Toninho, que foi jogador profissional nos juniores do Internacional. Seu filho Kauã, oito anos, já é influenciado pelo que vê em casa: tem dez camisetas de times, se interessa por troca de figurinhas e quer fazer a catalogação dos objetos.

— Anderson tem todos os itens rigorosamente registrados em um caderninho — conta Vanessa. 

Kauã já tem a mesma paixão do pai Foto: Camila Domingues / Especial

Leia mais notícias do dia

"São coisas raras do futebol"

A paixão é tanta que Anderson tem gravados jogos históricos, finais de Copa do Mundo e as partidas do Grêmio que assiste na Arena. Entre os amigos que prestigiaram a exposição, também não tinha distinção de time. O colorado Rodrigo Oliveira, 31 anos, e o gremista Pedro da Rosa, 34 anos, puderam recordar o passado ao ver publicações e objetos que relembram vitórias dos seus times e as histórias da Copas do Mundo.

— São coisas raras do futebol que não se encontra nem para comprar — diz Pedro.

— Dá para relembrar títulos, ele tem álbuns completos de figurinhas, é muita coisa — avalia Rodrigo. 

Pedro e Rodrigo aprovaram a coleção de Anderson  Foto: Camila Domingues / Especial

Depois de tirar do papel a primeira exposição, Anderson planeja levá-la para o Interior do Estado. Para ampliá-la e mantê-la atualizada, faz troca, está sempre atento a promoções e não perde uma oportunidade de agregar um novo item à coleção. Entre tantos objetos, o preferido é a camiseta do Grêmio do segundo uniforme de 1997, que usará na partida de quarta-feira, quando o time decidirá a final da Copa do Brasil contra o Atlético-MG, na Arena. 

Para contá-lo

Interessados em contribuir, trocar ou fazer doações para a coleção de Anderson podem entrar em contato com ele pelo número (WhatsApp e telefone): 51 99573-8518. 


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • Grupo_RBS

    Grupo_RBS

    Grupo RBSEscolha uma cartinha dos leitores do @diario_gaucho e seja o Papai Noel de alguém neste Natal! … https://t.co/en60ep0yf3há 52 minutosRetweet
  • brunagou

    brunagou

    Bruna Goularthttps://t.co/rH0h35XYM4 via @diario_gauchohá 2 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros