Criança guiou resgate de Alan Ruschel após acidente, diz agência - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Herói30/11/2016 | 12h36Atualizada em 30/11/2016 | 16h13

Criança guiou resgate de Alan Ruschel após acidente, diz agência

Menino de dez anos indicou onde estava o jogador, no local conhecido como El Gordo

Criança guiou resgate de Alan Ruschel após acidente, diz agência Diego Carvalho/Aguante Comunicação
Foto: Diego Carvalho / Aguante Comunicação
Diário Gaúcho
Diário Gaúcho

O resgate dos sobreviventes do acidente com o avião da Chapecoense, que vitimou 71 pessoas, tem ares dramáticos e emocionantes. De acordo com a agência de notícias EFE, a vida do lateral Alan Ruschel pode ter sido salva por um menino de dez anos.

O garoto teria indicado às primeiras equipes de resgate que chegaram ao local conhecido como El Gordo, no município de La Unión, na Colômbia, onde estava o jogador.

— Quando estávamos estacionando as caminhonetes, chegou uma criança e nos disse que alguns feridos estavam sendo retirados pelo outro lado — contou Sergio Marulanda, um dos moradores da região, que ajudou a resgatar os sobreviventes, à agência EFE.

Leia mais
Pai de Alan Ruschel fala sobre resgate do filho com vida: "É um milagre"
Estado de saúde dos sobreviventes da tragédia permanece estável
Chapecoense deve ser declarada campeã da Sul-Americana 

Foto: Bruno Alencastro / Agencia RBS

O homem relatou, ainda, que foi até o local ajudar as vítimas depois de receber uma ligação do irmão, que é médico, e pediu para ele se deslocar até a região com sua caminhonete 4x4 para auxiliar no resgate. Acompanhado de amigos, chegou cerca de duas horas depois de a aeronave Avro Regional RJ85, da companhia aérea Lamia, se chocar contra as montanhas.

— Um policial me disse: "o senhor é o primeiro a chegar, coloque a criança na caminhonete e vá resgatar os feridos" — lembrou Sergio, que é morador de La Unión e torcedor do Atlético Nacional, time que enfrentaria a Chapecoense na final da Copa Sul-Americana.

Ele também recordou o momento em que policiais e bombeiros estabilizaram Alan e o colocaram em sua caminhonete. Segundo o relato do homem, o atleta estava consciente e mantinha curtos diálogos em espanhol com os socorristas:

— Ele foi agasalhado, perguntou por sua família, amigos e disse que sentia muita dor no quadril, pois tinha uma fratura.

De acordo com a agência EFE, foi nessa caminhonete que o jogador foi levado ao hospital San Juan de Dios, na localidade de La Ceja.

Para o diretor-geral da União Nacional para a Gestão do Risco de Desastres, Carlos Ivan Márquez, a operação de resgate foi "uma das mais rápidas" já realizada na Colômbia, graças às logísticas aérea, terrestre, de máquinas e humana.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário GaúchoMissa de sétimo dia homenageia as 71 vítimas do acidente com avião da Chapecoense https://t.co/0A2E2J9sp2 https://t.co/3JEvK5fFLEhá 3 minutosRetweet
  • omartinns

    omartinns

    NICOLAS MARTINS RT @henriqdp: separando 1 real pra comprar o diário gaúcho com o poster do gremio amanhãhá 13 minutosRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros