Crise afeta vendas de material de construção e adia reformas de final de ano - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Construção civil10/11/2016 | 09h32Atualizada em 10/11/2016 | 10h13

Crise afeta vendas de material de construção e adia reformas de final de ano

Vendas de material de construção despencaram em 2016, e até as pequenas reformas de final de ano foram afetadas

Crise afeta vendas de material de construção e adia reformas de final de ano Ronaldo Bernardi/Agencia RBS
Mauri vai reformar garagem da irmã Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Diferentemente de anos anteriores, a dona de casa Marina Guides da Costa, 59 anos, do Bairro Bom Jesus, em Porto Alegre, não pintará a casa da família para o Natal de 2016. Mesmo depois de juntar dinheiro ao longo de dez meses, a obra do final de ano ficará só na pequena reforma da garagem. E Marina justifica a redução nos gastos por conta da crise econômica.

— Não lembro a última vez que deixei de fazer todas as reformas que queria para esperar o novo ano. Desta vez, precisei optar mesmo — conta a dona de casa, que usará os serviços do irmão, o construtor civil Mauri Guides, 50 anos, para gastar ainda menos.

Leia as últimas notícias
Está desempregado? Veja 5 dicas para economizar e não se endividar neste período 


Segundo associações dos comerciantes de material de construção, nem o puxadinho — a pequena reforma — escapou do bolso vazio. As vendas de material de construção devem fechar 2016 com queda de 8% com relação ao ano passado, quando tiveram um faturamento de R$ 115 bilhões, segundo a Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção (Anamaco). Em Porto Alegre, o estabelecimentos de bairros foram os mais prejudicados pela crise econômica, com decréscimo de 15% em relação a 2015, conforme a Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção de Porto Alegre (Acomac).

— O 13º salário, que terá a primeira parcela liberada no final deste mês, nos ajudará a pararmos de decrescer. Servirá para as pessoas pagarem as contas — acredita o presidente da Acomac, Tarcisio Pires Morais.

No entanto, Tarcisio alerta que, apesar do momento negativo, o ano ainda poderá ter um pequeno crescimento em relação ao ano passado porque a base de 2015 foi ainda mais baixa — considerado o pior período em 12 anos.

— Podemos ter um crescimento de 2% ou 3%, o que é quase nada para o setor — afirma.

Gustavo Biavatti viu queda nas vendas Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Administrador de uma madeireira existente há 22 anos no Bairro Bom Jesus, Gustavo Biavatti revela que, no mês passado, a loja teve queda de 11,5% na vendas com relação ao mesmo período do ano anterior, a maior dos últimos oito anos. Para tentar driblar a crise, a loja apostou em mais parcelamentos das vendas — de quatro para seis vezes. Mas, para a surpresa de Gustavo, os clientes estão preferindo comprar menos e pagar à vista. Nem o anúncio do Cartão Reforma, feito ontem pelo governo federal para incentivar as vendas no setor, anima Gustavo.

— Não sei se mudará algo, pois as pessoas estão sem crédito no mercado. Por isso, estão pagando só o que podem ou nem comprando — justifica o comerciante.

Marina deixou pintura para 2017 Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Governo lança Cartão Reforma
Na tentativa de reaquecer o comércio da construção civil, o governo federal lançou ontem o Cartão Reforma. A iniciativa pretende ofertar crédito de até R$ 5 mil para as famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil fazerem pequenas reformas nas casas. O presidente Michel Temer afirmou que a nova medida pretende incentivar a geração de empregos. Para 2017, o governo prevê a reserva de R$ 500 milhões para o programa.

Depois de ser publicada no Diário Oficial da União (DOU), a medida provisória que cria o Cartão Reforma terá força de lei e deverá ser analisada, em até 120 dias, pelo Congresso Nacional. Porém, o governo não informou quando a medida será publicada no DOU. 


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • DarskiVanessa

    DarskiVanessa

    Vanessa@Vagner_LM aí tu vai pro mural da página de crimes do Diário Gaúcho ♥️há 4 horas Retweet
  • lizilha_

    lizilha_

    liz@AndreSousa__ diário Gaucho? me aguarde sendo assessora de imprensa do real madrid 😝😝há 5 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros