Falta de rede de esgoto causa alagamentos em casa de Alvorada - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Seu problema é nosso23/11/2016 | 08h04Atualizada em 23/11/2016 | 08h09

Falta de rede de esgoto causa alagamentos em casa de Alvorada

Área é considerada imprópria para moradia 

Falta de rede de esgoto causa alagamentos em casa de Alvorada Arquivo pessoal/Leitor/DG
Foto: Arquivo pessoal / Leitor/DG

Há um ano, a dona de casa Vanessa Dias de Oliveira, 26 anos, viu uma ponta de esperança surgir quando a prefeitura de Alvorada deu início a uma obra de encanamento na Rua Nova Esperança, Bairro Aparecida. Moradora do local há 15 anos, Vanessa convive com esgoto a céu aberto durante todo esse tempo. Isso porque a rede não foi concluída e parou de ser construída justamente uma casa antes da sua.

Segundo ela, um valão passa ao lado da residência e, quando chove, a água sobe e invade o pátio.

Leia mais notícias da seção Seu Problema é Nosso!

— A minha casa é a última da rua, e não colocaram canos de esgoto somente aqui. A terra do valão está desbarrancando. Com um temporal forte, pode acabar puxando meu muro e levando tudo junto — queixa-se Vanessa.

A via começou a receber melhorias da prefeitura em 2015. A comunidade conta com ligação regular de energia elétrica e água encanada, conforme Vanessa.

Mais reclamação

De acordo com a moradora, na mesma época da construção da rede de saneamento, foram feitos dois bueiros para escoar a água. Entretanto, o serviço também não foi finalizado, e os bueiros ficaram abertos.

— É muito perigoso, alguém pode cair lá dentro — diz Vanessa.

Leia mais
Buracão no meio da rua impede a circulação de ônibus na Zona Sul de Porto Alegre há 13 dias
Asfalto está cedendo e buraco representa perigo para pedestres e motoristas em rua de Alvorada

Área é de risco

A Secretaria de Obras de Alvorada informou que a prefeitura concluiu a instalação do encanamento na Rua Nova Esperança. A rede não vai até a casa de Vanessa porque a residência fica sobre um arroio, considerado um local perigoso. Se fossem colocados, os canos invadiriam o córrego, e a Secretaria do Meio Ambiente não autoriza obras nessas condições.

O local onde a leitora mora é uma área ocupada irregularmente. A prefeitura informou ainda que o caso de Vanessa está sendo acompanhado desde o ano passado e que a Defesa Civil já notificou a moradora de que ela não poderia ter uma casa no local. Quanto à manutenção da rua, uma limpeza no esgoto deverá ser feita nas duas próximas semanas.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • Grupo_RBS

    Grupo_RBS

    Grupo RBSEscolha uma cartinha dos leitores do @diario_gaucho e seja o Papai Noel de alguém neste Natal! … https://t.co/en60ep0yf3há 52 minutosRetweet
  • brunagou

    brunagou

    Bruna Goularthttps://t.co/rH0h35XYM4 via @diario_gauchohá 2 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros