"Quais são as maluquices da sua semana?" - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Papo Reto05/11/2016 | 08h05Atualizada em 05/11/2016 | 08h05

"Quais são as maluquices da sua semana?"

Manoel Soares conta as histórias malucas que passou nos últimos dias

"Quais são as maluquices da sua semana?"  /
Foto: /

Essa semana foi maluca. Vi situações e cenas que jamais imaginei ver na minha vida. A primeira foi envolvendo polícia e bandido: vi policiais levando um assaltante para a cadeia mas, por falta de vaga no presídio, deixando-o mais de 20 horas dentro de uma viatura. Lá pelas tantas, o policial que o prendeu se solidarizou e foi comprar uma água para o preso algemado. 

Quando policiais militares têm bandidos sob custódia, o delegado diz que não vai colocar na cela e o diretor do presídio diz que, por ordem do juiz, não vai receber, e o juiz diz que não vai aceitar mais presos porque a cadeia está lotada demais, o policial da ponta pensa: prender por quê? 

Leia as últimas notícias do dia

A segunda foi em uma escola do Centro da cidade: alunos reclamando porque foram liberados mais cedo da aula. Sim, com o salário parcelado, alguns professores decidiram dar aula parcelada também. Alunos do terceiro ano, que vão precisar das aulas para tentar passar no vestibular, queriam aula. No meu tempo, sair mais cedo da aula era motivo de festa. Hoje, é de choro. 

Leia mais
Pagamos três vezes pela segurança 

Finados

A terceira foi muito maluca: no Dia de Finados, fiquei encantando com o carinho e respeito que as pessoas tinham com seus mortos. Levavam flores, conversavam em frente aos túmulos, explicavam para as crianças quem é que está enterrado ali e por que era tão importante. No dia seguinte, fiz uma reportagem sobre pessoas que moram nas ruas e parece que eram outra espécie de ser humano. 

Ouvi relatos de pessoas atirando pedras e garrafas nos moradores de rua. Alguns recebiam cuspe nas paradas de ônibus e por aí vai. Fiquei pensando em que tipo de pessoas estamos nos tornando: levamos flores para os mortos e atiramos pedras nos vivos. Devolvemos o descaso do governo com nossos professores com descaso com os alunos, mandamos os policiais prender para depois não ter cadeia para deixar preso. 

Leia outras colunas do Manoel Soares

Depois de escrever este texto, cheguei à conclusão de que minha semana não foi maluca. Ela foi normal, eu só olhei para ela. Estamos ficando loucos em uma lógica tão gradual que se confunde com a normalidade. Aí, te pergunto: quais as maluquices de sua semana? 


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • brunagou

    brunagou

    Bruna Goularthttps://t.co/rH0h35XYM4 via @diario_gauchohá 16 minutosRetweet
  • SheilaSabino

    SheilaSabino

    Sheila"A loira, que é considerada ícone da chamada música brega, é bem mais do que esse rótulo simplista." - Diário Gaúcho.há 1 horaRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros