Mais de 900 mil ainda não sacaram o PIS/PASEP ano-base 2014: veja como conferir se você tem direito - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Benefício23/12/2016 | 16h09Atualizada em 23/12/2016 | 16h23

Mais de 900 mil ainda não sacaram o PIS/PASEP ano-base 2014: veja como conferir se você tem direito

No Estado, 69 mil ainda não sacaram o benefício, de um total de 94 mil que têm direito

Mais de 900 mil ainda não sacaram o PIS/PASEP ano-base 2014: veja como conferir se você tem direito Sine/Divulgação
Foto: Sine / Divulgação

O último prazo para o saque do abono salarial do PIS/Pasep, ano-base 2014, está terminando e mais de 900 mil trabalhadores que têm direito ainda não retiraram o benefício, no valor de 1 salário mínimo. São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Minas Gerais são os Estados que têm maior número de saques pendentes. No Estado, 69.621 ainda não sacaram o benefício, de um total de 94 mil que têm direito.

Leia mais
Foi demitido? Confira dez direitos trabalhistas que você tem nessa hora
Vai sair de férias? Veja tudo o que você precisa saber sobre este direito dos trabalhadores

Antes da extensão do prazo, que finalizou em 30 de junho de 2016, mais de 1,2 milhão de pessoas ainda não haviam feito o saque do beneficio. Lembrando que o prazo para fazer o saque nas agências termina no próximo dia 29 de dezembro, quinta-feira. Para aqueles que possuem cartão cidadão com senha, o saque pode ser realizado nos terminais de autoatendimento da Caixa e em lotéricas, na sexta (30) – nesse dia, as agências estarão fechadas. 

Apesar do baixo índice de saques no País durante a extensão do prazo, os índices totais estão dentro da média. Historicamente, o percentual de abonos não sacados oscila de 4% a 5%. No total de abono salarial de 2014, o Ministério do Trabalho chegou a quase 95% de saques, de um total de 23,5 milhões de trabalhadores identificados com direito ao benefício.

O prazo normal para saque ocorre de julho a junho de cada ano e, no exercício 2015/16, um total de 22,3 milhões de trabalhadores sacaram o abono salarial – uma taxa de cobertura de 94,77%. Com a decisão do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), a pedido do ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, o prazo foi estendido até 30 de dezembro, pelas Resoluções 771 e 772, a fim de atender cerca 1,2 milhão de trabalhadores que não sacaram no prazo. A extensão já permitiu o saque de 285 mil abonos salariais.

Quem tem direito - O Abono Salarial ano-base 2014 está sendo pago para quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos e trabalhou com carteira assinada por pelo menos 30 dias naquele ano, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos. Também é preciso ter seus dados informados corretamente pelo empregador, na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Para conferir se tem direito ao benefício, o trabalhador pode acessar o portal do Ministério do Trabalho. Basta inserir CPF ou número do PIS/Pasep e data de nascimento para fazer a consulta. Outra opção é a Central de Atendimento Alô Trabalho, que atende pelo número 158 e também dá informações sobre o PIS/Pasep.

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário Gaúchohttps://t.co/A5hM1p5IgMhá 1 horaRetweet
  • NeivaLuzartes

    NeivaLuzartes

    Neiva Luz Luzartes@diario_gaucho Estou juntando! Panela nunca é demais em casa de família grande ☺há 2 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros