Moradores da Região Metropolitana reclamam do atraso na entrega de correspondências - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Correios09/03/2017 | 10h01Atualizada em 09/03/2017 | 10h01

Moradores da Região Metropolitana reclamam do atraso na entrega de correspondências

Por conta de afastamentos em razão de problemas de saúde, 105 carteiros estão em licença em cinco cidades

Moradores da Região Metropolitana reclamam do atraso na entrega de correspondências Félix Zucco/Agencia RBS
Moradores da Rua Cordeiro de Farias reclamam a demora na chegada das cartas Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Avistar a figura daquele trabalhador de uniforme amarelo e azul, portando uma bolsa repleta de cartas, circulando pelo bairro é como a miragem de um oásis no meio do deserto para moradores como o motorista João Arez Soares, 66 anos, do Bairro Santa Cruz, em Gravataí. Ele é um dos clientes insatisfeitos com o serviço dos Correios e relata a ocorrência de atrasos na entrega de correspondências há pelo menos um ano. O carteiro demora tanto a aparecer, que as faturas e boletos se tornam papel velho e sem utilidade.

Desde novembro do ano passado, o Diário Gaúcho tem recebido reclamações de moradores de cidades da Região Metropolitana como Gravataí, Viamão, Canoas, além de ocorrências no Litoral Norte e também na Zona Sul da Capital. Os leitores relatam que estão recebendo as cartas com atraso e algumas nem chegam. Para dar conta dos pagamentos, correm atrás da segunda via — pela internet e, em alguns casos, pessoalmente nas prestadoras de serviços. Quando questionam os motivos dos atrasos, são informados que os Correios enfrentam falta de pessoal.

Leia mais:

Correios têm atrasos nas entregas de correspondências. Confira o que fazer se a conta não chegou
Receita abre consulta hoje a lote residual do Imposto de Renda: saiba se você tem direito

Faturas chegou um mês depois

João mora na Rua Cordeiro de Farias, no Bairro Santa Cruz, em Gravataí, e, há quase um ano, precisou adaptar-se à falta do carteiro. Uma fatura do banco, por exemplo, deveria ser paga no dia 27 de janeiro, mas o boleto chegou à caixa de correio só no dia 20 de fevereiro.

— Se a correspondência não chega a tempo (de fazer os pagamentos, no caso de faturas e boletos), não nos serve. Se os Correios fechassem as portas, seria um grande benefício — reclama João.

O motorista relata que, em algumas oportunidades, até conseguiu retirar as correspondências num centro de distribuição, depois de uma longa espera no local, mas esse serviço já não está mais disponível.

— Quando reclamamos nos Correios, nos perguntam: será que não é uma região com muito cachorro de rua? Será que não é área de risco? Mas estamos a 3km do Centro — queixa-se o morador, citando que a região é asfaltada e conta inclusive com linhas de ônibus.

O mecânico Ricardo Zielke da Silva, 30 anos, ressalta o transtorno:_ Temos que buscar a segunda via de tudo. As correspondências chegam bem depois, molhadas, estragadas.

João recebeu fatura um mês depois do vencimento Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Mural de queixas*

/// O motorista João Arez, 66 anos, reclama que a entrega de correspondências tem ocorrido com atraso à Rua Cordeiro de Farias, Bairro Santa Cruz, em Gravataí, há cerca de um ano.

/// A cobradora de ônibus Maria Elaine Correa Maia, 55 anos, reclama que desde novembro as correspondências chegam com atraso — ou não chegam — à Rua Antônio Manoel Goulart, Bairro Medanha, na parada 56 de Viamão. Reclamou e recebeu como resposta que há muitos funcionários encostados por motivos de saúde e que se demitiram.

/// A conferente Bernadete Grasel Pinto, 44 anos, queixa-se que há pelo menos 30 dias as correspondências chegam atrasadas à Rua Aristides Rosa, Bairro São Geraldo, em Gravataí. Buscou uma explicação e foi informada de que há poucos funcionários para o serviço.

/// A aposentada Nilsen Regina Teixeira Cardoso, 66 anos, conta que há pelo menos três meses as correspondências deixaram de ser entregues na Estrada Costa Gama, Bairro Aberta dos Morros. Procurou saber os motivos da suspensão do serviço, mas soube na agência na qual tem buscado as correspondências, na Restinga, que faltam 15 funcionários.

/// O aposentado Valmor Cardoso da Silva, 70 anos, queixa-se que as cartas chegam com pelo menos uma semana de atraso na Rua Agostinho Rocha, em Balneário Pinhal. O problema é antigo e já motivou um abaixo-assinado no ano passado. Ele foi informado de que seria feita solicitação de pessoal para os Correios em Brasília, mas até agora nada foi feito.

/// A professora aposentada Leonice Amaral Brambilla, 69 anos, percebeu o atraso na chegada das correspondências à Rua Padre Anchieta, Bairro Nossa Senhora das Graças, em Canoas, há pelo menos uma semana. Tentou contato com os Correios em busca de um retorno, mas não teve sucesso.

* Queixas que chegaram à redação do Diário Gaúcho desde novembro de 2016.

Leia outras notícias

Entregas serão normalizadas na próxima semana

Os Correios esclarecem que houve aumento da demanda de trabalho e do número de afastamentos de empregados por motivo de saúde no início deste ano. A partir de dados dos Correios, o Diário Gaúcho constatou que há 105 carteiros em licença saúde, em um universo de 1.359 servidores contratados nas cidades de Porto Alegre, Viamão, Canoas, Gravataí e Balneário Pinhal.

Os Correios informam que, quando existem afastamentos por motivo de saúde, os Centros de Distribuição Domiciliária recebem apoio de carteiros de outras unidades da empresa. Também são realizados mutirões, inclusive nos finais de semana, para agilizar a separação dos objetos e a entrega.

Em Viamão, por exemplo, já estão acontecendo mutirões desde a semana passada. Outra medida realizada é a contratação emergencial de profissionais temporários. Estão previstas novas contratações para o mês de abril. Algumas ações de otimização do processo produtivo nos Centros de Distribuição também estão sendo feitas para agilizar as atividades internas e, consequentemente, a entrega. A previsão é de que a entrega seja regularizada nestes municípios até a próxima semana.

Sobre a entrega na Rua Padre Anchieta, no Bairro Nossa Senhora das Graças, em Canoas, os Correios informam que não há registros de dificuldades na distribuição e a entrega está acontecendo normalmente. Ainda assim, a empresa irá monitorar a entrega no local.

O efetivo nas cidades

Sobre o efetivo nas cidades citadas, os Correios realizam um estudo que avalia o número de objetos postais a serem entregues por determinada unidade da empresa e dimensiona a necessidade de recursos humanos e operacionais para o atendimento. Esse estudo é chamado de Sistema de Distritamento (SD):

/// Para Porto Alegre, segundo o SD, estão previstos 899 carteiros e existem 950 carteiros contratados para atuar na cidade. Pelo último levantamento, 72 empregados estão afastados por motivo de saúde.

/// Em Viamão, o SD prevê 85 carteiros, existem 92 profissionais contratados e 11 estão afastados por motivo de saúde.

/// Em Canoas, 182 carteiros estão previstos em SD, há 187 empregados contratados e 16 estão afastados por motivo de saúde.

/// Em Gravataí, tem 122 profissionais previstos em SD, 123 contratados e 5 afastados por motivo de saúde.

/// Em Balneário Pinhal, tem 8 previstos em SD, 7 contratados e 1 empregado afastado por motivo de saúde.

Como reclamar

Para registrar reclamações ou sugestões a empresa disponibiliza o "Fale com os Correios", no site www.correios.com.br, ou a Central de Atendimento aos Clientes dos Correios (CAC), pelo telefone 0800-7250100 (de segunda à sexta-feira, das 8h às 20h, e aos sábados, das 8h às 14h).

Os Correios reforçam que é importante que a população utilize esses canais para fazer o registro formal das reclamações e para resolver possíveis dúvidas.


 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • alberineto

    alberineto

    Alberi NetoNada mais legal que conhecer o @giovanigrizotti e saber que ele admira o trabalho do Diário Gaúcho, onde eu tenho a felicidade de estar.há 1 horaRetweet
  • anapaula_2006

    anapaula_2006

    Ana Paula Fonsecahttps://t.co/aqQOV6S2KN via @diario_gauchohá 3 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros