Adolescente posta vídeo de porquinho-da-índia dentro de micro-ondas ligado  - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Estância Velha 27/04/2017 | 14h12Atualizada em 27/04/2017 | 14h54

Adolescente posta vídeo de porquinho-da-índia dentro de micro-ondas ligado 

Pais da menina pediram desculpas após repercussão do caso

Adolescente posta vídeo de porquinho-da-índia dentro de micro-ondas ligado  Facebook/Reprodução
Foto: Facebook / Reprodução

A brincadeira de uma adolescente com um animal tomou as redes sociais brasileiras e virou caso de polícia e ameaças de morte em Estância Velha, no Vale do Sinos.

Foto: Twitter / Reprodução

Tudo começou no fim da tarde de quarta-feira, quando a adolescente de 16 anos postou em sua conta no Twitter um vídeo que mostrava seu porquinho-da-índia dentro de um micro-ondas ligado, após um amigo incitá-la a fazer isso. Em poucas horas, o post se espalhou pela rede social. Na manhã desta quinta-feira, uma hashtag que pedia punição à jovem chegou a aparecer em primeiro lugar no Trending Topics, seção que mostra os assuntos mais comentados na rede social.

Foto: Reprodução / Facebook

 A onda de indignação foi tamanha que as redes sociais da adolescente e de seus familiares foram inundadas por ofensas e ameaças, inclusive de morte. Dados particulares da adolescente e de seus familiares foram expostos na internet. Nesta manhã, os telefones da família não paravam de tocar. Só no perfil do pai no Facebook foram mais de mil mensagens privadas em três horas.

Preocupados, os pais da menina fizeram posts se desculpando e pediram que a jovem apagasse seus perfis nas redes sociais.

— A sociedade está tão distorcida que a vida de um ser humano vale menos do que a de um bicho que nem se machucou — disse o pai da adolescente em entrevista ao Diário Gaúcho. — Claro que minha filha fez uma besteira. Ela está superarrependida e vai pagar por isso. Mas está difícil lidar com toda essa situação. 

Foto: Facebook / Reprodução

A identidade do familiar e da jovem são preservados em respeito ao Estatuto da Criança e do Adolescente.

Polícia abriu procedimento

A Polícia Civil de Estância Velha abriu um procedimento para apurar o caso. A adolescente foi ouvida nesta manhã. O porquinho-da-índia foi levado para a Secretaria de Meio Ambiente da cidade. O destino do animal ainda não foi definido, mas ele não deve voltar à família.

O delegado Luiz Fernando Nunes da Silva disse que o porquinho foi examinado por um veterinário e que nenhum dano físico foi identificado. Ele vai pedir para que uma nova perícia ocorra em 30 dias.

— O caso tomou uma repercussão enorme, mas não é tudo isso — classificou.

O procedimento na delegacia já foi encerrado e encaminhado para a Justiça. O caso foi enquadrado como maus-tratos a animais, que prevê multa entre R$ 500 e R$ 3 mil, além de medidas socioeducativas. Tanto o responsável legal quanto a menina podem ser autuados.

*Colaborou Juliano Zarembski

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros