Manoel Soares alerta: "Às vezes, a multidão está errada" - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Papo reto29/04/2017 | 07h00Atualizada em 29/04/2017 | 07h00

Manoel Soares alerta: "Às vezes, a multidão está errada"

 Se as multidões estivessem sempre certas, absurdos como escravidão, holocausto entre outras barbaridades de nossa história não aconteceriam

Manoel Soares alerta: "Às vezes, a multidão está errada"  /
Foto: /

Este texto terá poucas curtidas e poucos compartilhamentos. Quando Jesus morreu, ao lado dele, havia dois criminosos. Um deles pede perdão a Cristo e que Ele lhe abençoe para que possa chegar ao paraíso. Ali, minutos antes da morte, Jesus diz a Dimas que ele está perdoado. Cristo, antes de ser morto, foi espancado como bandido, foi apedrejado e, quando o povo teve a possibilidade de escolher entre Ele e Barrabás, decidiram que Cristo deveria morrer. 

Esta passagem da bíblia me traz duas lições importantes. A primeira: se nem Jesus com sua infinita sabedoria se achou no direito de condenar um bandido, quem somos nós para fazer isso. Cada vez que vejo pessoas postando textos que clamam a morte de bandidos, penso que não fazem ideia do mal que fazem a si mesmas, pois o bandido querer matar faz dele um monstro, mas não quero ser como ele, pois, se monstros têm que morrer, eu também teria, já que também quero a morte. 

Leia outras colunas do Manoel Soares

Sei que alguns dirão que a morte que desejam aos criminosos fará bem ao mundo já que ele só faz o mal. Mas, se sentarmos com o bandido, veremos que ele também tem as razões dele, que estão longe de serem corretas, mas são dele. Os mais frágeis de raciocínio dirão que estou defendendo bandido ou que não me comovo com quem é vítima do crime. Para estes, digo que não defendo bandido, mas também não defendo quem usa a realidade criminal para desejar a morte. Para mim, quem deseja tirar uma vida e quem tira têm o mesmo peso. 

Sei que talvez eu seja minoria nessa perspectiva, o que nos leva para nossa segunda lição: a multidão, às vezes, está errada. Sim, porque Cristo foi condenado por milhares de pessoas que libertaram Barrabás. Se as multidões estivessem sempre certas, absurdos como escravidão, holocausto entre outras barbaridades de nossa história não aconteceriam. 

Sendo assim, ter 2 milhões de curtidas não faz de uma post algo correto, porque ética não se mede pelos likes, mas pela capacidade que o seres tem de se conectar a próximo, por mais que ele seja diferente de você. E isso nem sempre será curtido.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • acesarsbr

    acesarsbr

    antonio cesar da luzRT @LuizinhoSafis: AMANHÃ VOU COMPRAR O DIÁRIO GAÚCHO PRA PEGAR O POSTER DO INTER 🤷‍♂️😏😂há 3 horas Retweet
  • GuiidePaulaa

    GuiidePaulaa

    • Gui de Paula 🇪🇪RT @LuizinhoSafis: AMANHÃ VOU COMPRAR O DIÁRIO GAÚCHO PRA PEGAR O POSTER DO INTER 🤷‍♂️😏😂há 3 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros