Morador pinta casas em tons vibrantes para aumentar a autoestima na Vila Safira - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Mais cor na periferia15/06/2017 | 08h00Atualizada em 15/06/2017 | 08h00

Morador pinta casas em tons vibrantes para aumentar a autoestima na Vila Safira

Claudio Roberto Pagno da Costa, 54 anos, está colorindo residências no Bairro Mario Quintana para levar mais alegria aos moradores

Morador pinta casas em tons vibrantes para aumentar a autoestima na Vila Safira Félix Zucco/Agencia RBS
"Quero que essa seja a rua mais bonita de Porto Alegre", diz o pintor Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Elevar a autoestima dos moradores da Vila Safira, em Porto Alegre, é o objetivo da iniciativa que traz mais cor para as casas do local. À frente do projeto Vó Chica, ação que oferece mais de uma dezena de atividades culturais a crianças e adolescentes, Claudio Roberto Pagno da Costa, 54 anos, está colorindo as casas da Rua Luiz Sibemberg, no Bairro Mario Quintana. 

A própria casa de Claudio, que também é a sede do projeto e sempre chamou a atenção pelo colorido das cores vibrantes, serviu como ponto de partida para a ideia. Ele pintou de roxo a residência da mãe, localizada no mesmo pátio, e despertou em uma vizinha a vontade de fazer o mesmo. Três casas e vários muros da rua já foram coloridos. Claudio, que é pintor profissional, arrecada tintas por meio de doações e conta com a ajuda dos vizinhos engajados na causa. Alguns oferecem a casa ou muro. Outros, ele convence a aderir à ideia. 

— Isso é sair da zona de conforto. Pintamos um muro, uma fachada ou apenas o cordão da calçada, e aquilo já vai se espalhando. Quero que essa seja a rua mais bonita de Porto Alegre — orgulha-se. 

Empolgação contagiante

Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Se depender da força de vontade de Claudio e da capacidade que ele tem de contagiar a vizinhança, é provável que o desejo dele saia do plano dos sonhos para virar realidade. 

Celiane Cardoso, 33 anos, cedeu espaço da fachada da casa e não se arrepende. Para ela, o local ganhou outra vida com as cores em cima da antiga tinta laranja:

— Cor é vida, é alegria, e a nossa casa precisa ser alegre. Essa pintura trouxe outro astral. Se os demais vizinhos aderirem, vai ser muito legal, a rua toda ficará alegre — conta ela. 

Os pilares do muro que cerca o mercado de Eva Mattos Cardoso, 76 anos, foram coloridos de roxo, verde e rosa, o que deu novo ar para o ambiente, garante ela. 

— Nossa vila estava muito feia. Essas cores já deixam tudo mais bonito — garante. 

Pintado em linhas horizontais de verde e em dois tons de rosa, o muro da dona de casa Bruna de Souza, 27 anos, virou referência: 

— Liberei o muro assim que o Claudio propôs. As crianças gostaram e nem sempre a gente tem condição de pintar por nossa conta. 

Até quem é de outras ruas já está de olho na iniciativa. A cuidadora Silvia da Silva, 47 anos, que vive em uma rua de chão batido nas proximidades, quer que ao menos sua casa tenha um pouco de vida:

— Minha casa não tem cor, são só os tijolos. Vi essas casas coloridas e queria qualquer cor que fosse para a minha, só para deixar menos triste. 

Inspiração

A Rainbow Village (em português, Vila do Arco-Íris), na Indonésia, é a inspiração que Claudio tenta reproduzir na Vila Safira. Localizado no país asiático, Kampung Pelangi é uma pequena vila onde líderes decidiram pintar as casas de cores vibrantes e desenhos coloridos para tentar melhorar seu status de uma favela degradada. Após a pintura, o local transformou-se em atração turística e suas fotos tiveram grande repercussão nas redes sociais. 

Foto: Reprodução / Facebook

Para ajudar

/// Quem quiser ajudar com doações de tinta pode entrar em contato com Claudio pelo telefone ou WhatsApp: (51) 99364-2847.

 


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros