Pontos positivos e negativos dos consórcios de serviços, que servem para guardar grana para eventos como casamento e viagem - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Encare a Crise19/06/2017 | 15h00Atualizada em 20/06/2017 | 15h33

Pontos positivos e negativos dos consórcios de serviços, que servem para guardar grana para eventos como casamento e viagem

Modalidade está sendo procurada por quem quer fazer uma economia para a faculdade, a festa de casamento ou aquela sonhada viagem

Pontos positivos e negativos dos consórcios de serviços, que servem para guardar grana para eventos como casamento e viagem Divulgação/Divulgação
Que tal um consórcio para a festa de casamento? Foto: Divulgação / Divulgação

Alternativa favorita de muitas famílias em seus projetos de compra de imóveis e automóveis, os consórcios estão com nova roupagem. Puxadas por uma fatia menos abastada da população, que, em razão da crise econômica, procura opções mais baratas do que os empréstimos para concretizar seus projetos, avançam com bom fôlego as modalidades de serviços, cuja procura disparou nos primeiros quatro meses deste ano em relação ao mesmo período de 2016. 

Leia mais
Vai investir num negócio próprio? Veja dicas 

Confira opções para começar a economizar e como dar o primeiro passo

Conforme a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (Abac), o número de participantes nesta modalidade em todo país passou de 33 mil para 41 mil no período, e a venda de novas cotas saltou de 3,8 mil nos primeiros quatro meses de 2016 para 8,6 mil neste ano.

Leia outras reportagens do Encare a Crise

Esses produtos atendem quem está interessado em fazer uma reforma na casa, criar uma reserva para pagar a faculdade, preparar festa de casamento, fazer um intercâmbio no Exterior e até realizar cirurgias plásticas, por exemplo, evitando a necessidade de tomar dinheiro emprestado em bancos e financeiras.

— O avanço desse mercado mostra o ganho de consciência dos consumidores, que planejam melhor seus projetos e evitam juros mais altos em empréstimos — afirma Evandro Ferreira, gerente comercial da BR Consórcios no Rio Grande Sul.

Os dados da Abac mostram que os novos cotistas têm mirado uma carta de crédito mais robusta. O valor médio de cada cota no início de 2016 era de R$ 6,1 mil. Em 2017, passou para R$ 7 mil. Ainda assim, são mais baixos do que os consórcios médios de carros e casas, de R$ 42 mil.

— É um novo consumidor, que não necessariamente já utilizava os consórcios de bens e também começa a enxergar nesta alternativa um caminho para alcançar os seus sonhos — explica o presidente regional da Abac no Sul, Augusto Letti.

Auxílio para organizar a compra

O funcionamento dos consórcios de serviços não difere muito dos convencionais: uma administradora abre um grupo, então os participantes pagam as parcelas durante o período previsto em contrato. Todo mês alguém é sorteado e, mesmo com a carta de crédito na mão, continua pagando até o final. Também é possível fazer um lance na assembleia mensal. Conforme a Abac, a taxa de administração é de cerca de 16% a 21% do valor total de crédito, e os prazos mais comuns de contratação são de 24 e 36 meses.

Uma das vantagens é que os juros de um consórcio, mesmo somados às taxas administrativas e o seguro, ainda são bem mais atrativos do que os juros de empréstimos. Um empréstimo pessoal, por exemplo, tem taxa média de 67% ao ano conforme a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac), enquanto, no consórcio, essa taxa varia de 5% a 6,5% ao ano.

— Isso representa um custo muito mais baixo, então permite que a pessoa realize um projeto de forma mais econômica e planejada — afirma Renan Carneiro, supervisor comercial do Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob).

Conforme o educador financeiro Alfredo Meneghetti Neto, professor de Economia da PUC-RS, uma das vantagens dos consórcios é ajudar a população a organizar a sua compra, com depósitos mensais e possibilidade de ser contemplado antes de acabar de pagar. No entanto, ele alerta que não deve ser usado como investimento, em razão dos custos de taxas de administração: para quem consegue se organizar por conta própria, criar uma reserva financeira sempre é mais vantajoso.

5 PONTOS A FAVOR DO CONSÓRCIO DE SERVIÇO
1.
São formas de escapar de juros altos de empréstimos pessoais cobrados por bancos e financeiras.
2. Torna-se um compromisso de economia, evitando que a pessoa deixe de guardar por algum mês.
3. Caso tenha dificuldade de pagar até o final, no encerramento das cotas, o dinheiro é devolvido.
4. É possível antecipar as parcelas quando houver um dinheiro sobrando ou fazer um lance para ser contemplado imediatamente.
5. A carta de crédito é reajustada conforme a inflação até o momento da contemplação, mantendo o poder de compra.

5 PONTOS NEGATIVOS DO CONSÓRCIO DE SERVIÇO
1.
A espera pode ser longa: quem está guardando para uma formatura, casamento ou reforma emergencial na casa poderá aguardar um tempo demasiado.
2. As taxas administrativas podem ser altas, então, é importante comparar diferentes administradoras para escolher a mais vantajosa.
3. Caso não pague a mensalidade em dia, o cotista não poderá participar do sorteio mensal nem dar lances.
4. Se houver um alto índice de inadimplência no grupo, poderá haver problemas para entregar a carta de crédito.
5. Não deve ser vista como investimento: o consórcio é mais barato do que empréstimos, mas cobra — e não paga — juros ao seu dinheiro guardado.

Fontes: educador financeiro Alfredo Meneghetti Neto, portal Guia Bolso, Evandro Ferreira, da BR Consórcios, Renan Carneiro, supervisor comercial do Sicoob e presidente regional da Abac no Sul, Augusto Letti.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • Grupo_RBS

    Grupo_RBS

    Grupo RBSA reportagem do @diario_gaucho conta a história de famílias vizinhas de um parque eólico! https://t.co/0fWRSpqRG7 https://t.co/MvGqT2erwMhá 13 minutosRetweet
  • diario_gaucho

    diario_gaucho

    Diário GaúchoHoje em #AForcadoQuerer : Bibi sai no tapa com suposta amante de Rubinho https://t.co/bC9kNOIVsU https://t.co/YiDwoW7MpShá 35 minutosRetweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros