Apaixonados por carros antigos se reúnem no Centro de Viamão - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Volta ao passado09/07/2017 | 15h28Atualizada em 09/07/2017 | 15h29

Apaixonados por carros antigos se reúnem no Centro de Viamão

Evento mensal, que ocorre desde 2002 na cidade, ocorre sempre no segundo domingo do mês e faz parte do calendário oficial da cidade


Aero-Willys é atração do encontro Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Entre mavericks, fuscas, simcas, karmann-ghias, opalas, rurais e corcéis, o aero-willys azul despontou entre os mais de 40 carros dispostos lado a lado no 21º Encontro de Veículos Antigos, no Centro de Viamão, na manhã deste domingo. O carrão original ano 1966, lustrado especialmente para brilhar na Rua Coronel Marcos de Andrade, é há cinco anos a paixão do motorista de ônibus aposentado Ubirajara Camargo, 63 anos, e também dos que se aproximam apenas para passar a mão sobre a carroceria do possante. A cena se repete a cada segundo domingo do mês, há 15 anos, desde que o Clube do Carro Antigo de Viamão foi criado por Ubirajara e os amigos Dalni Grutzmann, 60 anos, Adão Moreira, 74 anos, e Emerson Gonçalves, 39 anos. Nos encontros mensais, que mobilizam a área central da cidade em frente à Câmara de Vereadores, admiradores de carros que já deixaram de ser fabricados — como o aero-willys de Ubirajara —, proprietários e colecionadores se reúnem para trocar experiências, peças ou simplesmente admirar o veículo do vizinho. Se na primeira edição o evento teve apenas os quatro carros dos amigos, hoje conta com dezenas de participantes — numa única manhã já reuniram mais de 70 veículos. A divulgação dos eventos ocorre pelo Facebook do grupo.
— É um evento familiar, onde a paixão por carros é passada dos pais para os filhos. Vem gente de todas as idades e de diferentes cidades da Região Metropolitana — comenta, animado, Emerson, dono de um Opala. 

Para Ubirajara, ter o aero-willys ainda funcionando e despertando a atenção por onde passa é a realização de um sonho desde os tempos de motorista. Depois de ouvir de um conhecido que jamais teria um carro antigo, ele conta que teve mais vontade de realizar o próprio desejo. Ao se aposentar, em 1994, Ubirajara adquiriu o primeiro: um chevrolet impala, com o qual ficou durante 15 anos. Depois, vieram outros até a chegada do carrão azul, que ganhou do próprio aposentado uma nova camada de tinta.
— A viagem mais longa que fiz com ele foi até Santo Antônio da Patrulha (82km). Só uso ele em eventos e voltas curtas. O mantenho com todo o cuidado, pois é minha relíquia — comenta, orgulhoso. 

Ubirajara realizou o sonho de ter um carro antigo Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Orgulho é o que expressa também o empresário César Spadoni, 49 anos, morador de Porto Alegre e participante ativo do grupo, ao falar do karmann-ghia ano 1967, adquirido há um ano, depois de um namoro com o veículo que durou outros 12 meses. O interesse pelos carros veio do pai, proprietário de um gordini. Com velocidade que pode chegar a 100km/h, o karmann de César já foi até Gramado a passeio. O dono recorda ter sido parado inúmeras vezes para pedidos de fotos com o carro. Vermelho reluzente, o veículo com poltronas de couro é também um dos que mais chama a atenção no evento. César se diverte com os jovens curiosos e os saudosistas que viram a máquina circulando pelas ruas.
— Certa vez, na Rua 24 de Outubro, em Porto Alegre, uma senhora parou na janela do carro para dizer que tinha ganho um daqueles quando fez 15 anos. Estava emocionada. Por isso, acho que o evento vale até para renovar memórias — resume. 

Saiba mais sobre o evento mensal no https://www.facebook.com/carroantigo.viamao

César acha que  o evento vale até para resgatar as memórias Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS












 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros