Manoel Soares: "A linha que separa os bons de coração dos trouxas está na inteligência do bem" - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Papo reto22/07/2017 | 08h00Atualizada em 22/07/2017 | 08h00

Manoel Soares: "A linha que separa os bons de coração dos trouxas está na inteligência do bem"

Colunista fala sobre a sabedoria de saber ajudar a todos

Manoel Soares: "A linha que separa os bons de coração dos trouxas está na inteligência do bem"  /
Foto: /

Um guerreiro africano viu quando uma cobra estava morrendo queimada e decidiu tirá-la do fogo, mas quando o fez, a cobra o picou. Pela reação de dor, o guerreiro o soltou e o animal caiu de novo no fogo. O guerreiro tentou tirá-la novamente e novamente a cobra o picou.

Um sábio que estava observando se aproximou do homem e resolveu testá-lo:

— Desculpe, mas você é teimoso! Não entende que todas as vezes que tentar tirá-la do fogo, ela vai picá-lo?

O guerreiro respondeu:

— A natureza da cobra é picar, e isto não vai mudar a minha, que é ajudar.

O sábio pegou a lança e disse:

— Então salve ela usando sua lança.

Com a lança, o guerreiro tirou a cobra do fogo e salvou sua vida.

Resistir

Nossa essência do bem morre um pouco a cada picada da vida, o que não falta são pessoas de espírito opaco para decepcionar, trair e mentir fazendo com que a gente perca a vontade de estender a mão. Temos que resistir a essa vontade. Porém, quem não se protege vira trouxa na mão de gente safada.

Use suas lanças para retirar as cobras do fogo e lembre-se: não seja mal a ponto de a dor dos seus inimigos te dar prazer e não seja bom a ponto de se sacrificar por quem não te merece. A linha que separa os bons de coração dos trouxas está na inteligência do bem, essa é nossa lança.

Leia mais colunas do Manoel Soares


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros