Reforma trabalhista: o que muda na vida de quem já está contratado - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Para todos14/07/2017 | 15h18Atualizada em 14/07/2017 | 15h18

Reforma trabalhista: o que muda na vida de quem já está contratado

As novas regras passarão a valer para contratos firmados antes e depois da sanção da lei.

Reforma trabalhista: o que muda na vida de quem já está contratado Divulgação/Laine Valgas
Foto: Divulgação / Laine Valgas

O governo federal está reforçando, nesta sexta-feira (14), uma informação fundamental para trabalhadores e empresas entenderem a reforma trabalhista, aprovada no Senado e sancionada pelo presidente Michel Temer. As novas regras passam a valer para todos os contratos de trabalho, não importa quando foram firmados.

Leia mais sobre a reforma trabalhista
Imposto sindical não será obrigatório a partir de 2018
Empresa não pode demitir para contratar como terceirizado

Significa que um trabalhador contratado antes de reforma também é afetado, não somente um novo funcionário da empresa. A regra já havia sido divulgada, durante a cerimônia de sanção, pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira. Mas tanto a Casa Civil quanto a Secretaria de Governo da Presidência da República reafirmaram isso nesta sexta-feira após sites divulgarem que a reforma valeria somente para novos contratos.

Mas as mudanças só começam a valer dentro de 120 dias. Só a partir de então, no mês de novembro, alterações que dependam somente do trabalhador e do empregador poderão ser colocadas em prática. Entre elas, estão a possibilidade de divisão das férias em três períodos e a demissão em comum acordo

Outras mudanças terão de esperar mais para entrarem na vida dos empregados. Quinze itens só podem ser alterados por acordo ou convenção coletivas. Nesses casos, os ajustes podem ser feitos somente na data-base de cada categoria. Entram nesse grupo o intervalo para almoço, banco de horas, enquadramento do grau de insalubridade e participação nos lucros e resultados, entre outros. 

Jornada de 12 horas? Sim, agora pode valer para todas as áreas
Perguntas e respostas sobre a reforma trabalhista 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Siga o Diário Gaúcho no Twitter

  • El_Guaipeca

    El_Guaipeca

    El Guaipeca@rbsnoticias @bg_rs @diario_gaucho Cheiro de enxofre que chega longe, dessa CMPC em Guaíba! Não se dorme com esse mau odor, tosse horrível!há 5 horas Retweet
  • El_Guaipeca

    El_Guaipeca

    El GuaipecaEm Guaíba, Protetores de animais pedem socorro para alimentar, tratar, castrar medicar necessitados. @diario_gaucho… https://t.co/IH5aaETNujhá 8 horas Retweet
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros