Detran afirma que zerou fila de espera na Junta Médica Especial - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

CNH Especial14/08/2017 | 17h49Atualizada em 14/08/2017 | 17h49

Detran afirma que zerou fila de espera na Junta Médica Especial

Motoristas relatavam dificuldade para fazer o exame que garante as categorias especiais na CNH

Detran afirma que zerou fila de espera na Junta Médica Especial Ciretran/Divulgação
Foto: Ciretran / Divulgação

O Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Sul (Detran-RS) afirma que, diferentemente do cenário que se agravava desde maio, estão sobrando vagas para exames na Junta Médica Especial do órgão. 

Leia mais
Como pessoas com deficiência podem comprar carro zero sem impostos
Onde buscar apoio gratuito para colocar as contas em dia

A avaliação médica é a última etapa para se obter as categorias especiais na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), aquelas destinadas a pessoas com deficiência física ou mobilidade reduzida.

A renovação estava emperrada nesta etapa pela alta procura por esses exames. De acordo com o Detran-RS, os 360 atendimentos mensais que a Junta realizava até junho passaram a não dar mais conta da busca por laudos. E a fila continuava crescendo, dificultando a vida de motoristas que precisavam pedir pela primeira vez ou renovar o documento prestes a vencer. Mas ajustes no encaminhamento dos exames e aumento de vagas surtiram efeito, de acordo com a autarquia.

Documento

O departamento informou que abriu recentemente mais 220 vagas em Porto Alegre, Passo Fundo, Caxias do Sul e Alegrete. Junto com essa ampliação, priorizou os agendamentos de candidatos com CNH vencida ou prestes a vencer. Os demais casos seguem tendo direito ao exame, mas têm de esperar um pouco mais.

Outra medida que teria contribuído para acabar com a fila de espera foi reforçar as orientações aos candidatos nos Centros de Formação de Condutores (CFCs) sobre o objetivo da Junta: avaliar as condições para tirar ou renovar a habilitação. Isso porque, segundo a autarquia, muitas pessoas procuravam laudos somente para obter isenções na compra de veículos novos.

O Detran também criou um novo documento a ser assinado pelo candidato e pelo diretor do CFC atestando a ciência sobre as regras e objetivos da Junta Médica Especial. Este documento precisa ser assinado quando a busca pela renovação se dá antes de 12 meses do vencimento.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros