Manoel Soares: "Quem subestima os mais humildes pode perder tudo" - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Papo reto26/08/2017 | 08h00Atualizada em 26/08/2017 | 08h00

Manoel Soares: "Quem subestima os mais humildes pode perder tudo"

A autoestima pode ser uma armadilha para lutadores que alcançam seus objetivos. Ficar de olho em nossas atitudes é a chave

Manoel Soares: "Quem subestima os mais humildes pode perder tudo"  /
Foto: /

Tá ligado aquelas pintas que têm a necessidade de parecer melhor do que os demais? Não sou pregador da igualdade em tudo, porque somos seres diferentes, mas, debaixo do sol, tudo é vaidade, como diz a Bíblia. Basta um carro, uma roupa ou até mesmo uma bebida mais cara para que alguns monstrinhos se revelem. Não falo somente dos outros, mas de nós mesmos. 

A autoestima pode ser uma armadilha para lutadores que alcançam seus objetivos. Ficar de olho em nossas atitudes é a chave. A vida é um jogo de xadrez em que cada um de nós tem movimentos únicos e funções específicas. Se o cavalo tentar brigar com a torre, o rei pode ficar descoberto e um bispo pode vir rasgando o tabuleiro e dar xeque-mate. Às vezes, é um peão que protege toda a jogada. 

Nessa pegada, quem subestima os mais humildes pode perder tudo. Algumas das coisas mais importantes da vida são feitas por pessoas de quem não se sabe nem o nome: recolher o lixo, fazer a comida, cuidar de seus filhos na creche e por aí vai. 

Será que, no tabuleiro da vida, nos achamos importantes demais? Mas já que o papo é xadrez, vale lembrar que, independentemente da importância das peças, se são brancas ou negras, todas, no fim do jogo, vão para a mesma caixa. E, no fim do jogo da vida, nós também. Sendo assim, cuidado com cada movimento. 


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros