Onde buscar apoio gratuito para colocar as contas em dia - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Encare a Crise10/08/2017 | 20h01Atualizada em 11/08/2017 | 10h06

Onde buscar apoio gratuito para colocar as contas em dia

Aplicativos, sites e serviços gratuitos ajudam nesta tarefa. Confira também os cinco mandamentos da organização financeira

Onde buscar apoio gratuito para colocar as contas em dia iStock,Getty Images/Divulgação
Foto: iStock,Getty Images / Divulgação

São conhecidos os desafios para manter as finanças na balança — sem gastar mais do que se ganha, sem sustos no final do mês e com um dinheirinho extra para emergências. Difícil é identificar onde estão os erros na organização financeira para começar a colocar as contas nos trilhos.

Leia mais
Vale a pena antecipar imposto de renda e 13º salário? Tire suas dúvidas
Veja o que fazer com o dinheiro extra da restituição do Imposto de Renda

Para ajudar nesta tarefa, há um rol de sites, aplicativos e serviços gratuitos de atendimento, cujo único motivo para não consultar é o desconhecimento. Eles pregam a educação financeira, que é apontada como via principal para saber medir as receitas e os gastos. O objetivo é evitar gastar mais do que se ganha.

— Sem possuir educação financeira, as pessoas não conhecem a importância do dinheiro e as formas corretas de utilizá-lo, então, ficam a um passo de dívidas. Isso acontece com a maior parte da população — verifica o educador financeiro Reinaldo Domingos.

Orientação

Cerca de 60 milhões de brasileiros não pagam as contas em dia, conforme a Serasa Experian. Na internet, há vários caminhos para buscar a educação financeira, como sites, aplicativos para smartphones e vídeos com boas dicas gratuitas. No YouTube, um dos canais mais ativos é mantido pelo educador financeiro Gustavo Cerbasi, com orientações sobre investimentos, consumo consciente e até planejamento para compra de um imóvel.

Leia outras matérias da seção Encare a Crise

Universidades, órgãos de defesa do consumidor e até a Justiça mantêm pontos de apoio aos endividados ou promovem eventos para ajudar a equilibrar as contas e até renegociar dívidas. O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul oferece um serviço de apoio a pessoas que estão superendividadas. O Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania (Cejusc) auxilia na renegociação de dívidas.

E não é apenas na orientação formal que vive a esperança de contas mais organizadas. Consultores financeiros apontam a educação de pai para filho como um dos pilares para garantir boas práticas de cuidados com o dinheiro. Portanto, ensinar desde cedo os filhos a cuidarem da mesada, além de mostrar a importância de poupar e evitar desperdício de dinheiro pode ajudar a romper um ciclo de dificuldade para lidar com as finanças.

— A maior preocupação que um pai tem é a respeito do futuro dos seus filhos. Procurar garantir uma vida boa e segura para eles é sempre a maior meta, por isso que abordar o assunto dinheiro e investimentos com eles é tão importante — afirma Alexandre Wolwacz, sócio-fundador do Grupo L&S, que atua na área de investimentos.

5 mandamentos da organização financeira

1. Evite dívidas: muitas vezes, os juros e as multas pagos por atrasos no pagamento são tão altos quanto o salário. Portanto, eliminar as dívidas é o primeiro passo para começar a organizar as contas. O ideal é primeiro pagar as contas para só depois pensar em voltar a gastar com lazer, alimentação fora de casa, troca de carro etc.

2. Economize: ter uma quantidade de dinheiro guardada é importante para começar uma vida com mais equilíbrio nas contas. Não basta fazer economias em alguns meses e gastar além da conta em outros. A poupança mensal precisa ser uma rotina. Este dinheiro será a boia de salvação em caso de desemprego ou emergências envolvendo doenças, por exemplo.

3. Compre com moderação: faça uma lista detalhada, a cada dois meses, de tudo aquilo que pretende comprar e de quem deseja presentear, considerando principalmente o quanto pretende gastar com cada item. Este levantamento ajudará a evitar compras por impulso. Não compre o que não é essencial se para isso precisar se endividar.

4. Ligue o "alerta de frias": muitas das bagunças financeiras ocorrem quando a pessoa, achando que vai fechar um negócio incrível, acaba entrando numa fria como um comprometimento excessivo da renda por longo período. Por isso, atenção a contratos com clubes de férias, com quem você vai fazer sociedade num negócio e, na compra de um carro, evite aqueles com manutenção muito cara.

5. Tenha um sonho: é importante saber quanto precisará poupar para formar um patrimônio capaz de gerar frutos suficientes para atender a meta estipulada. Apenas economizar sem ter um alvo, com o tempo, fará o foco e a disciplina despencarem.

Onde buscar ajuda de graça

Dinheiro à VistaCanal do educador financeiro Reinaldo Domingos aborda assuntos sobre como sair do endividamento, se vale a pena colocar dinheiro na Caderneta de Poupança e dicas para aprender a economizar.

Drops Inteligência Financeira Canal do consultor financeiro Gustavo Cerbasi com sugestões para enfrentar o endividamento, evitar desperdícios, conter o ímpeto da compra e investir com inteligência.

Coach Roberto NavarroVídeos sobre investimentos, organização financeira e conteúdo motivacional para organizar as contas.

Guia Bolso Por site ou aplicativo para App Store e Google Play, apresenta o saldo de todas as contas em um só lugar, com informação sobre cada compra ou pagamento. Em gráficos, mostra no que se está gastando mais dinheiro, possibilitando o controle financeiro e evitando desperdício.

Papelada Funciona como uma caixa único de contas, boletos, impostos, multas, mensalidades escolares, planos de saúde e o que mais o usuário desejar. A proposta é organizar o pagamento e o controle das contas. Pode ser acessado diretamente no site, com cadastro. É disponível em aplicativos para sistemas IOS e Android.

Renda Fixa Serviço para quem quer começar a poupar. Permite a comparação entre diferentes tipos de investimentos em renda fixa em diversas corretoras. É possível organizar por valor, período de vencimento, tipos de investimentos e corretoras. Tem em site e também para sistemas IOS e Android.

Poder Judiciário — Serviço de apoio a pessoas que estão superendividadas e perderam o controle das suas contas. A Conciliação Pré-Processual de Superendividamento do Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania (Cejusc) auxilia na renegociação de dívidas. É preciso marcar horário para iniciar o processo de mediação. O e-mail é cejuscpoa-pcs@tj.rs.gov.br. O endereço é no Foro Central I, Rua Márcio Veras Vidor, 10, sexto andar, sala 636.

Ciências Contábeis da UniRitter — Estudantes do curso de Ciências Contábeis da UniRitter, com supervisão de professores, ajudam a traçar o planejamento financeiro, com dicas para negociação de dívidas, entre outras atividades. Os agendamentos são feitos via e-mail naf.uniritter@gmail.com.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros