Governo prepara programa para incentivar saída de 1 milhão de beneficiários do Bolsa Família - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Renda22/09/2017 | 12h54Atualizada em 22/09/2017 | 12h54

Governo prepara programa para incentivar saída de 1 milhão de beneficiários do Bolsa Família

A expectativa do Ministério do Desenvolvimento Social é apresentar a iniciativa na próxima semana

Governo prepara programa para incentivar saída de 1 milhão de beneficiários do Bolsa Família Divulgação/Divulgação
Foto: Divulgação / Divulgação

O governo federal promete lançar na próxima semana um programa social para tentar aumentar a renda de 1 milhão de famílias de baixa renda e abrir caminho para que elas deixem o Bolsa Família em dois anos.  As informações são do portal G1

O Programa Progredir deverá oferecer cursos de qualificação profissional, ajudar na seleção de oportunidades de trabalho e oferecer R$ 3 bilhões em microcrédito para famílias de baixa renda inscritas no Cadastro Único dos programas sociais.

Leia mais
Alternativas para quem ficou desempregado e tem parcelas do financiamento imobiliário
Mais de 4 mil famílias gaúchas voltaram ao Bolsa Família em 2017 
TV Digital: veja como pedir o kit gratuito com antena e conversor

– É um programa vinculado ao público do Bolsa Família, a população mais pobre do Brasil, que visa criar oportunidade de emprego e renda para essa população. Não é um programa para tirar as pessoas do Bolsa Família – disse ao G1 o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra.

Segundo ele, o programa será voltado para jovens e adultos da cidade e do campo. O universo de pessoas que poderão ser atendidas pode ir além das 13,4 milhões de famílias que recebem o Bolsa Família atualmente, já que há mais de 28,2 milhões de famílias inscritas no Cadastro Único. A expectativa de Terra é lançar o novo programa na próxima semana, em cerimônia no Palácio do Planalto com a presença do presidente Michel Temer. A solenidade está pré-agendada para a próxima terça-feira (26). 

Sem corte

O ministro garantiu que, mesmo quem conseguir emprego com carteira assinada, ainda contará com o benefício por mais dois anos. Nesse período, segundo Terra, o governo pretende “emancipar” 1 milhão de famílias do Bolsa Família.

O secretário-executivo do ministério, Alberto Beltrame, acredita que será possível manter a média de pessoas contempladas pelo Bolsa Família, que atende mais de 13,4 milhões de famílias no país. Para 2018, o programa pode ter o orçamento reduzido. De acordo com o Ministério do Desenvolvimento Social, em 2017, o valor destinado foi de R$ 29,3 bilhões, enquanto para o próximo ano a previsão orçamentária é de R$ 26 bilhões.

As metas do Programa Progredir

Qualificação profissional: criação de cerca de 1 milhão de vagas em cursos de formação inicial ou continuada e de qualificação profissional.
Intermediação de mão de obra: cruzamento de currículos e de vagas de empregos de forma regionalizada. Cerca de 20 milhões de trabalhadores estão no público-alvo.
Microcrédito e educação financeira: oferta de R$ 3 bilhões em microcrédito e de cursos de educação financeira para 100 mil famílias e 1,7 milhão de autônomos.

Números do Bolsa Família

13.417.699 famílias receberam o Bolsa Família em setembro de 2017
R$ 179,64 é o valor médio do benefício do Bolsa Família por família
R$ 170 per capita é o teto de renda atual para uma família receber o Bolsa Família

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros