Magali Moraes escreve sobre inverno e sopa de capeletti - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Coluna da Maga06/09/2017 | 10h00Atualizada em 06/09/2017 | 10h00

Magali Moraes escreve sobre inverno e sopa de capeletti

Magali Moraes escreve sobre inverno e sopa de capeletti Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Eu vejo as pessoas de manga curta na rua, perna de fora, alcinha e penso: lá se foi a minha sopa de capeletti. Acabou. Sem chance. Só ano que vem. Depois do grande veranico de agosto e as árvores da cidade floridas há semanas, o que esperar da previsão do tempo? Mais calor. Importante falar que não tenho nada contra a primavera e o verão. Gosto muito, aliás. Mas eu ainda tinha esperança de fazer um friozinho e tomar uma bela sopa de capeletti pra me despedir do inverno.

Daquelas bem fumegantes, de queimar o céu da boca. A cada capeletti engolido, uma bola de fogo descendo pelo estômago e aquecendo até a alma. Pronto. Foi só escrever esses dois parágrafos pra sentir o gosto da sopa de capeletti. Senti inclusive a língua queimando. Hummm! Com queijo ralado por cima. Salsinha também. Peito de frango pra dar a famosa sustância. Pimentinha preta. E, se não for pedir muito, um pastel de queijo pra comer junto.

Leia outras colunas da Maga

Cumbucas

Posso contar com a sorte e torcer por uma frente fria que chegue levemente atrasada. Esse tempo tá tão doido, né? O problema é que a sopa de capeletti que deu vontade de tomar tem prazo de validade. É a que tem no caminho para a praia. Um clássico da Estrada do Mar. Passou o pedágio, já pode salivar. Eles servem essa iguaria apenas fora de temporada, quando faz frio. Bateu o calor, recolhem tudo. Cumbucas. Colheres de sopa. Toalhinha xadrez. Pãozinho colonial torrado pra molhar no caldo e revirar os olhos.

Quem vai querer sopa tinindo em dia quente? Não vende. Mas a pergunta correta é: por que eu não tomei mais sopa nesse inverno? Mais sopão de legumes, canja, sopa de ervilha, creme de moranga. Como eu ia adivinhar que a gente mal teria inverno? Agora passou. Vou esquecer esse assunto e me contentar com um capeletti na manteiga. Se você mora numa cidade onde ainda está fazendo frio, me faz um favor? Toma uma sopa de capeletti por mim? Capricha no queijo ralado, tá.    


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros