Marina Ruy Barbosa protagoniza polêmica sobre papel higiênico preto - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Sofisticação24/10/2017 | 16h04Atualizada em 24/10/2017 | 19h55

Marina Ruy Barbosa protagoniza polêmica sobre papel higiênico preto

A ruiva é a garota propaganda da marca que está sendo criticada na internet


Marina foi escolhida para divulgar produto por ser "sinônimo de glamour e elegância", afirmou a empresaFoto: Santher / Divulgação

Uma marca de papel higiênico acaba de lançar uma versão preta do produto, que segundo a fabricante, é o primeiro produzido no país, e escolheu a atriz Marina Ruy Barbosa para divulgar. Na sua campanha, as fotos da ruiva têm sido vinculadas à hashtag "BlackisBeautiful". Alguns internautas criticaram o uso da hashtag e acusaram a empresa de se apropriar de uma expressão usada por militantes negros durante a luta dos direitos civis nos anos 60.

Anderson França critica a campanha em seu perfil do FacebookFoto: Anderson França / Reprodução/Facebook

A principal crítica partiu do escritor Anderson França, o Dinho, que publicou um texto sobre a campanha em seu perfil no Facebook. 

— Numa atitude racista e irresponsável, consciente e deliberada, (a Santher) decidiu que essa expressão deve remeter a papel higiênico, cuja função qualquer pessoa conhece — afirmou o escritor na rede social.

Ele ainda classificou o episódio como "um dos mais graves ataques racistas praticados por uma empresa brasileira. Às 15h de terça-feira (24), o post já contava com 4,1 mil curtidas, 1,1 mil comentários e 2,4 mil compartilhamentos.

Leia mais
Doença rara faz jovem "suar sangue"
Tartaruga mais velha do mundo é gay
Conheça Mell Costa, cantora que defende os direitos das mulheres em suas músicas

Dinho explicou que o movimento, e especialmente a expressão Black is Beautiful  representa um grito de liberdade e de mudança para os milhares de negros que sofreram com o preconceito e que perderam sua vida pela violência policial dos anos 60, nos Estados Unidos. Ele explica que até hoje as palavras carregam muito significado para a luta de direitos.

 Mais sofisticação

Na sua campanha, as fotos da ruiva têm sido vinculadas com a hashtag "BlackisBeautiful"Foto: Santher / Divulgação

Batizado de "Vip Black", da marca Personal, o papel promete trazer mais sofisticação e "um novo olhar para a decoração com diferenciação". A campanha publicitária mostra Marina 'vestida' apenas com o papel higiênico. A atriz foi selecionada para apresentar o produto por ser "sinônimo de glamour e elegância", de acordo com a marca.

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

— O preto é lindo. A cor sempre foi considerada ícone de estilo e refinamento nos universos de luxo e da moda. Agora, Personal Vip Black traz este conceito também para a decoração e nossa campanha reflete essa integração entre a cor e a sofisticação — justificou a líder de marketing da marca, Lúcia Rezende.

Em nota, a Personal explicou que "a mensagem criativa da campanha para o produto foi selecionada com o objetivo de destacar um produto que segue tendência de design já existente no exterior e trazida pela Santher para o Brasil."

Eles ainda afirmam que nenhum outro significado, que não seja esse, foi pretendido e refutam toda e qualquer insinuação ou acusação de preconceito neste caso. A marca e o fabricante concluíram informando que a assinatura foi retirada de toda comunicação da campanha e pediram desculpas por eventual confusão. 


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros