Tartaruga mais velha do mundo é gay - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Curiosidade24/10/2017 | 15h44Atualizada em 24/10/2017 | 16h13

Tartaruga mais velha do mundo é gay

Jonathan convive com sua suposta "parceira" há 26 anos

Tartaruga mais velha do mundo é gay Gianluigi Guercia / AFP Photo/AFP Photo
Jonathan mantem um relacionamento de 26 anos com o agora Frederico Foto: Gianluigi Guercia / AFP Photo / AFP Photo

Com 186 anos, a tartaruga Jonathan vive em Santa Helena, uma ilha que é parte do território ultramarino britânico, próximo da costa da África do Sul. O animal foi presente a um antigo governador do local, chegando lá com apenas 30 anos.

Aos 80 anos de idade, de acordo com o jornal The Times, a tartaruga era muito irritada, batendo em árvores e atrapalhando os jogos de cricket de seu dono. Em 1991, depois de muito tempo sozinho, Jonathan ganhou uma “parceira”. Ele e Frederica, sua companhia, acasalavam semanalmente. Entretanto, nunca nasceram filhotes, mesmo nos 26 anos de relacionamento, o que era estranho para a população da ilha.

Levada aos médicos para tratar uma ferida no casco, descobriram que, na verdade, Frederica é Frederico, com quem Jonathan manteve relações homossexuais por todos esses anos.

As diferenças entre os sexos de tartarugas não são facilmente vistas. O que as diferenciam é o formato do casco — machos têm a barriga côncava, para acoplar melhor as fêmeas. Devido ao tamanho de Frederico, a diferença não foi perceptível.

  Leia outras notícias do Diário Gaúcho   


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros