Temporada de restituição e PIS/Pasep começou: o que fazer com a renda a mais? - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Teu Bolso27/10/2017 | 15h04

Temporada de restituição e PIS/Pasep começou: o que fazer com a renda a mais?

Especialista em investimentos dá dicas para o melhor uso do reforço na conta

Temporada de restituição e PIS/Pasep começou: o que fazer com a renda a mais? Fabrizio Motta/Agencia RBS
Foto: Fabrizio Motta / Agencia RBS

Temporada de pagamento do PIS/Pasep, chegada do 13º salário e novas restituições do Imposto de Renda acenam para o uso consciente do reforço na conta. Na entrevista abaixo, a gestora de Renda Fixa da Mongeral Aegon Investimentos, Patrícia Pereira, explica como definir o destino do dinheiro extra conforme cada situação.

Leia mais
Ainda não recebeu a restituição do Imposto de Renda?
Mais de R$ 1 bi do PIS/Pasep está disponível para saque
Vale a pena trocar o plano de previdência privada?

O dinheiro extra pode ser uma boa oportunidade para se livrar das dívidas?

Dinheiro extra é ótimo para quitar dívidas que estejam prejudicando o orçamento da casa ou da família. Compras no cartão, empréstimos, cheque especial, por exemplo, tudo isso pode virar uma bola de neve difícil de controlar. Além disso, os juros geralmente são maiores do que o rendimento de investimentos, então, não deixe de aproveitar esse momento para se livrar das preocupações.

E quem não tem dívidas, como pode administrar esse dinheiro?

Se você tem uma previdência privada, nada melhor do que reinvestir o reforço fazendo um aporte extra no seu plano de aposentadoria. Outra boa opção é formar uma reserva financeira para não precisar apelar para empréstimos. Esta reserva deve ser proporcional a, no mínimo, um mês dos seus gastos. 

Este pode ser o primeiro passo para criar o costume de poupar?

Na correria do dia a dia, às vezes, é difícil colocar em prática o hábito de poupar para investir. Um dinheiro extra que entre na conta pode ser um ótimo impulso para o início deste novo hábito. Por se tratar de um dinheiro não esperado, fica mais fácil começar a investir com parte, ou todo o valor, e a partir do mês seguinte já separar uma parcela do salário para o investimento. A saúde financeira agradece.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros