Magali Moraes e as flores quando murcham - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Coluna da Maga29/11/2017 | 10h00Atualizada em 29/11/2017 | 10h00

Magali Moraes e as flores quando murcham


A escritora e publicitária Magali Moraes é a nova colunista do Diário Gaúcho. Ela vai escrever a Coluna da Maga, todas as sextas-feiras.
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Quer me ver feliz? É ter flores no vaso em cima da mesa. No meu cantinho lá em casa, o lugar onde escrevo as colunas. Pensa num vaso comprido e honesto, nada de mais. Isso até ele encher de flor. Aí o danado se agiganta e faz brotar ideias. Sou eu inspirada. Mesmo carregando um buquê de letras tatuado no braço, preciso das flores de verdade. Senão a gente vai ficando sem vida por dentro. Comprar flores é regar o nosso lado sensível. É teimar em ser romântico.

Quando o vaso está vazio, sem razão de ser, eu murcho um pouquinho. Penso em não comprar mais. Fico cheia de argumentos. Flor só dura uma semana. Dez dias no máximo. Sou eu endurecendo. Flor custa caro. Cai pólen e suja tudo. Perde as pétalas. Flor é bobagem. Sou eu racional. O vaso vira um pedaço sem graça de vidro. Sou eu insensível, e eu não sou assim. Por isso é bom comprar uma violeta que seja. Da próxima vez que eu chegar no caixa do supermercado sem o meu buquezinho de astromélias, vou fingir que esqueci de pegar queijo e correr lá.

Leia outras colunas da Maga 

Tudo renasce

Vou botar alarme pra lembrar. Vou escrever "flor" na palma da mão. E escolher bem a cor: branca, roxa, amarela, rajadinha, misturada. Quem tem um botão de flor abrindo no vaso, tem mais é que sorrir. Qualquer caule vira orquídea, se a gente imaginar. Quanto custa manter a nossa sensibilidade em meio a tanta ruindade que acontece por aí? Flor sai barato, vai por mim. As flores quando murcham nos mostram que tudo é um ciclo. E tudo renasce.

Melhor que comprar flor é ganhar. Amiga leitora, você já se deu flores de presente? Um botão de rosa, vai. Amigo leitor, qual foi a última vez que você chegou com uma flor escondida atrás das costas? Se ouvir o clássico "ah, nem precisava", diga que sim. Todo mundo precisa de gentilezas. E quarta-feira, metade da semana, é um bom dia pra ser gentil. Pode dizer que foi ideia minha. Pode não dizer nada. Aproveita e já bota a flor na água, tá?  




 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros