Magali Moraes faz uma pergunta: como segurar o tempo? - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Coluna da Maga27/11/2017 | 10h00Atualizada em 27/11/2017 | 10h00

Magali Moraes faz uma pergunta: como segurar o tempo?


A escritora e publicitária Magali Moraes é a nova colunista do Diário Gaúcho. Ela vai escrever a Coluna da Maga, todas as sextas-feiras.
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Não faço ideia. Me ensina? Que pretensão querer parar o tempo, mas bem que podia desacelerar um pouquinho. Só pra gente curtir os filhos que não param de crescer. Nos distraímos pagando os boletos e tocando a vida. De repente, eles se tornam independentes. Peraí... adolescentes! Que nada... adultos! Sabe quando a novela dá um pulo no tempo e tem uma cena avisando que os personagens vão aparecer anos depois? Na vida real não tem esse alerta, vai no susto. É o Festival do Já. Já engatinhando? Já na escolinha? Já namorando? Já viajando sozinho? Já no ensino médio? Já estagiando? Já mais alto que o pai? 

O olhar inverte. Daqui pra frente, é a gente que olha pra cima ao falar com eles. Como abraçar um corpo que continua sob efeito do tal chá de fermento? Abrace onde der, abrace forte. Suba na escada pra alcançar o pescoço e nunca mais largue (que vontade!). Quem lembra dos pés de Bisnaguinha? Agora eles dão passos largos e ganham o mundo. A gente comenta sobre os filhos dos vizinhos: "como cresceram!!" Os vizinhos comentam dos nossos. O espanto é geral.

Leia outras colunas da Maga 

Tá acontecendo

Ultimamente, eu tenho contribuído com o Festival do Já. Meu guri mais velho experimentou a toga pra formatura (já?). O caçula é Bixo do vestibular (já?). A matrícula está feita (já?) e as provas do terceirão ainda nem acabaram. É um final de ano com emoção em dose dupla. Um sai da faculdade, um sai do colégio e meu coração quase sai do peito, de tão forte que bate. Me pergunto se tudo isso é verdade. Como disse o Rafa, "rapaz, tá acontecendo mesmo". 

Acho que nós somos os culpados por esse tempo que voa. Hoje é segunda-feira e o que acontece? Desejamos que chegue logo a sexta. E o próximo fíndi. E o mês das férias. A gente até já sabe quando serão os feriadões de 2018. Estamos sempre acelerando o presente. Então eu peço por todos nós. Filhos e netos, cresçam mais devagar. Por favor! Não está dando pra acompanhar tamanho amor.  




 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros