Multa por não fazer o cadastramento biométrico? É notícia falsa! - Notícias - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Fique ligado21/11/2017 | 17h24Atualizada em 21/11/2017 | 17h24

Multa por não fazer o cadastramento biométrico? É notícia falsa!

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) esclarece que esta mensagem é mentira. Mas eleitor já pode fazer o cadastramento biométrico em Porto Alegre

Um alerta compartilhado em grupos de mensagem e nas redes sociais coloca uma dúvida na cabeça de eleitores de todo o Brasil: quem não fizer a biometria (cadastramento da impressão digital) até 7 de dezembro pagará multa de R$ 150 e terá documentos como o RG, CPF e carteira de habilitação suspensos. Mas calma. É tudo falso nessa mensagem.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou nota de esclarecimento nesta terça-feira (21). Segundo a instituição, a legislação eleitoral não prevê, em nenhum momento, o cancelamento de outros documentos. Somente o título de eleitor e isso no caso do eleitor ficar três eleições consecutivas sem votar ou justificar ou não comparecer ao cadastramento biométrico obrigatório, que serve como atualização do cadastro de eleitores. 

Leia mais
Novo golpe de WhatsApp oferece passagens aéreas gratuitas 
Mensagem que promete 14º salário pela Caixa é tentativa de golpe
Carteira de motorista vencida há mais de 30 dias será cancelada? É falso 

Nesses casos, o eleitor estará sujeito a uma multa de R$ 3,50. Tão logo compareça ao cartório eleitoral mais próximo e regularize a situação, o título volta a ficar ativo imediatamente.

Prazo até 2022

Mas quem quiser adiantar o serviço pode fazer. Porto Alegre está realizando o cadastramento biométrico dos seus eleitores. O prazo para encerrar esse processo vai até 2022. Mas que ninguém se engane com o prazo que, aparentemente, é dilatado. O TRE gaúcho já se preocupa com o andamento do processo e está incentivando o eleitor a não deixar para depois.

– O prazo é até 2022. Mas acontece que Porto Alegre tem 1,2 milhão de eleitores. Para dar conta desse cadastramento dentro desse prazo, teríamos de estar fazer cerca de 600 atendimentos por dia. Mas, hoje, a média diária é de 350 – diz a gerente da Central de Atendimento ao Eleitor em Porto Alegre, Tânia Marra.

Como fazer o cadastramento biométrico em Porto Alegre

Como funciona:

– Primeiro, os dados pessoais são atualizados (nome, ocupação, endereço, local de votação, registro de necessidade especial, etc).
– Em seguida, são registrados, eletronicamente, a assinatura, foto e impressões digitais dos eleitores. Ao fim, é entregue o título eleitoral atualizado.
– No dia da votação, a urna eletrônica só é liberada após a conferência da digital do eleitor.

Onde fazer: para agilizar, agende o cadastramento neste link

Central de Atendimento ao Eleitor TRE/RS  (Avenida Padre Cacique, 96, bairro Praia de Belas). Horário: de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h

Shopping Praia de Belas (Avenida Praia de Belas, 1.181, bairro Praia de Belas, segundo andar). Horário: de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h

Tudo Fácil Zona Norte: Posto TRE ( Rua Domingos Rubbo, 51, bairro Cristo Redentor). Horário: de segunda a sexta, das 7h30min às 14h30min


Documentos necessários:

– Carteira de identidade, carteira de trabalho, carteira do conselho profissional ou certidão de nascimento.
– Comprovante de endereço atual emitido nos últimos três meses.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros