Trabalhadores terão até 2018 para usar FGTS como pagamento de parcelas atrasadas - Notícias

Versão mobile

 

Financiamento habitacional12/12/2017 | 19h30Atualizada em 12/12/2017 | 19h30

Trabalhadores terão até 2018 para usar FGTS como pagamento de parcelas atrasadas

Prazo se encerraria neste ano, mas foi prorrogado até 31 de dezembro de 2018, anunciou o ministro do Trabalho

Trabalhadores terão até 2018 para usar FGTS como pagamento de parcelas atrasadas Carlos Macedo/Especial
Foto: Carlos Macedo / Especial

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, anunciou nesta terça-feira (12) a prorrogação da medida eu permite aos trabalhadores usarem o FGTS para pagar parcelas de financiamento habitacional em atraso. O prazo, que se encerraria sem dezembro de 2017, foi estendido até 31 de dezembro de 2018 em reunião do Conselho Curador do FGTS, em Brasília. O objetivo da medida é permitir que pessoas que atrasaram o pagamento de parcelas da casa própria por não ter condições consigam usar o Fundo de Garantia para regularizar a situação.

FGTS para 12 parcelas atrasadas vale até dezembro

Pela regra, no entanto, não é possível usar o valor do FGTS para quitar toda a parcela. O Fundo pode cobrir apenas 80% do valor da parcela. 

— Se o trabalhador tem uma parcela em atraso no valor de R$ 1.000, por exemplo, ele pode usar apenas R$ 800 do FGTS. Os outros R$ 200, ele precisa acrescentar — explica  o secretário-executivo do Conselho Curador, Bolivar Tarragó. 

Outras situações

O FGTS pode ser usado também em outras situações de financiamento habitacional, como para dar entrada no financiamento do imóvel ou para pagar 80% do valor das parcelas em dia. 

Há, ainda, a possibilidade de, a qualquer momento, usar o fundo para abater do total da dívida ou até mesmo para quitar o pagamento. 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros