TV digital: não deixe para a última hora - Notícias

Versão mobile

CONTAGEM REGRESSIVA22/12/2017 | 07h00Atualizada em 22/12/2017 | 07h00

TV digital: não deixe para a última hora

Líderes comunitários dão a dica: agilize-se para fazer a conversão de seu televisor. Ainda há 159 mil kits gratuitos para serem distribuídos

TV digital: não deixe para a última hora Félix Zucco/Agencia RBS
Débora orienta vizinhos no bairro Restinga Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

Conforme se aproxima o prazo para o desligamento do sinal analógico, líderes comunitários mobilizam os moradores para instalarem os kits de TV Digital, evitando, assim, a perda do acesso à programação da TV a partir de 31 de janeiro. Nesta data, 107 municípios do Rio Grande do Sul terão o sinal analógico desligado _ e quem tiver uma TV de tubo ou de tela plana sem conversor digital e nem TV por assinatura ficará sem sinal. Em todo o Estado, o processo será concluído até dezembro de 2023. 

– É importante fazer logo a mudança para o sinal digital para não ficar sem a fonte de informação e diversão, que é a TV. Alguns moradores têm acesso ao kit gratuito e devem fazer logo a retirada – comenta Débora dos Santos, vice-presidente da Associação Comunitária Núcleo Esperança. 

Quem está inscrito nos programas sociais do governo, como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida, têm acesso ao kit gratuito e, neste caso, deve ligar gratuitamente para o número 147 ou acessar ao site www.sejadigital.com.br com o NIS (Número de Identificação Social) em mãos. O kit, composto por antena digital externa UHF e conversor com controle remoto, permitirá que mais de 480 mil famílias continuem assistindo TV em seus aparelhos antigos após o desligamento do sinal analógico no Estado.

Sem correria
Conforme pesquisa do Seja Digital, foram retirados até o momento 67% dos kits gratuitos. Ou seja, ainda faltam 159 mil para serem distribuídos. Se o nome da pessoa estiver na lista, basta realizar o agendamento para retirada do kit gratuito, que também deve ser feito no site ou na central telefônica. Cada família pode escolher o ponto de entrega mais próximo de sua residência, além da melhor data e horário para buscar os equipamentos. Nesses pontos, os beneficiários também recebem orientação técnica sobre a instalação da antena digital e do conversor.

— O bom é não esperar até a última hora para evitar a correria e o risco de acabar ficando sem a programação quando o sinal for desligado — sugere Cleusi Coelho da Rosa, líder comunitário do bairro Rubem Berta.

As vantagens da TV Digital são várias. Conforme a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a TV analógica apresenta mais oscilações e, por isso, a qualidade das imagens é pior, com ruídos e interferências. Já no processo de transmissão digital, áudio e vídeo mantêm uma qualidade bem superior, sem chuviscos e fantasmas na imagem.

Confira as próximas paradas da Caravana do Seja Digital
Caravana Cultural nas Escolas
Quando: 22/12, às 9h
Local: Emef Normelio Pereira de Barcelos (Rua 12 de julho, 540, bairro Umbu, Alvorada)
Quando: 22/12, às 14h
Local: Emei Miguel Velasquez (Rua Armando Costa, 125, bairro Sarandi, Porto Alegre)

Foto:

Dúvidas sobre a TV Digital:

- 4020-7191 para Porto Alegre e Região Metropolitana
- 0800-051-6336 para demais localidades
- Mais informações neste site da RBS TV


Datas de desligamento do sinal analógico em cada região do RS:

- 31/1/2018: RBS TV Porto Alegre (Capital, Região Metropolitana e parte do Litoral Norte), RBS TV Santa Cruz (Vale do Taquari), RBS TV Caxias do Sul (Serra)
- 28/11/2018: RBS TV Pelotas e RBS TV Rio Grande
- 5/12/2018: RBS TV Santa Maria
- Até 31/12/2023: demais regiões

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros